Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Em menos de dez minutos, Câmara de Marília aprova orçamento de R$ 1,3 bilhão da Prefeitura para 2022


Em sessão extraordinária que durou menos de 10 minutos, a Câmara de Marília aprovou por unanimidade o orçamento de quase R$ 1,3 bilhão da Prefeitura para o ano de 2022.

Além do projeto original, foram aprovadas por unanimidade as quase 20 emendas apresentadas por vereadores e uma subemenda do prefeito Daniel Alonso (PSDB).

ORÇAMENTO

Pelo projeto, a Secretaria Municipal da Educação ficará com R$ 272,7 milhões, sendo a maior parte. A Secretaria Municipal da Saúde vem em seguida com R$ 265,2 milhões. A Secretaria Municipal da Administração terá uma fatia com R$ 100,5 milhões, Secretaria Municipal de Planejamento Econômico com R$ 90,1 milhões, a Secretaria Municipal de Obras Públicas com R$ 57,7 milhões e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Limpeza Pública com R$ 44,8 milhões.

Pelo orçamento aprovado hoje, a Câmara Municipal poderá consumir até R$ 18,8 milhões (o chamado duodécimo). Administração Indireta, o Ipremm (Instituto de Previdência do Município de Marília), responsável pelo pagamento de servidores aposentados e pensionistas, receberá R$ 180,3 milhões, enquanto o Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) ficará com R$ 122,8 milhões e a Emdurb (Empresa Municipal de Mobilidade Urbana) terá R$ 15,5 milhões. A partir do próximo ano a Emdurb não administrará mais a Rodoviária e o Cemitério Municipal, que ficarão a cargo da Prefeitura e poderão ser terceirizados.

Enfim, está provado o novo orçamento bilionário da Prefeitura de Marília para o próximo ano, enquanto segue em marcha lenta o Plano de Metas apresentado em junho deste ano pelo prefeito, na própria Câmara Municipal, onde ele afirmou suas intenções. “Em 2024, queremos entregar uma cidade muito mais desenvolvida, com mais igualdade e condições de trabalho, oportunidades e prosperidade, com mais empregos, tecnologia, saúde, educação e mais infraestrutura. Vamos entregar uma cidade com mais área de convívio familiar, mais turismo, mais lazer e qualidade de vida".




122 visualizações0 comentário