top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Em rastro de golpes pela cidade, idosa relata que perdeu dinheiro após pedir empréstimo na Caixa


Uma idosa de 70 anos, residente no Bairro Liliana Gonzaga, na zona norte de Marília, foi a mais recente vítima da onda de golpes em Marília. Ela relatou no Plantão Policial que esteve em uma agência da Caixa em Marília pleiteando um empréstimo financeiro no valor de R$ 2.500,00.

Ao deixar a agência, foi informada que receberia uma ligação se o empréstimo fosse concedido. Disse que horas depois recebeu uma ligação local de um telefone fixo e uma pessoa do sexo feminino dizendo-se funcionária da Caixa informou que o empréstimo havia sido concedido e pediu para ela acessar um aplicativo do banco para conferir o valor.

A idosa disse que acessou o aplicativo e viu que não havia sido depositado nenhum valor do empréstimo. Ao acessar o aplicativo pela segunda vez, percebeu que o valor de R$ 3.300,00 que estavam em sua conta haviam sido transferidos para outra conta de uma mulher correntista da Caixa.

Relatou que não conhece a pessoa titular da conta e não autorizou nenhuma transferência de dinheiro para a mesma. Caso registrado e investigado pela CPJ.

OUTROS GOLPES RECENTES

Um aposentado de 74 anos relatou na CPJ que, ao chegar à instituição bancária para sacar um pagamento, percebeu uma série de descontos relacionados a empréstimos e saldo disponível de apenas R$ 2. Em atendimento na gerência da instituição, foi informado de que constavam empréstimos indevidamente autorizados pela vítima.

Em outra, ocorrência, um morador da zona sul de Marília perdeu R$ 300 que depositou para uma suposta reserva de veículo. A caminhonete “comprada” pelo valor de R$ 42 mil seria retirada na cidade de São Carlos.

A vítima relatou que o valor solicitado era muito próximo ao praticado pela tabela FIPE e, por isso, não teria suspeitado de golpe. O homem só se deu conta que havia caído em uma armadilha quando chegou na cidade indicada e o anunciante deixou de atender suas chamadas.

Outra vítima caiu em golpe ao realizar uma aquisição de 12 pneus em uma loja especializada na Avenida Tiradentes, no dia 14 de junho.

Nesta ação, um dos bandidos se apresentou como empresário de Barretos e teria acionado a equipe de vendas do estabelecimento para cotação de preços.

O golpista fez o pagamento com cartão clonado e solicitou que as unidades fossem entregues a representantes de uma transportadora, logo na manhã seguinte.

Entretanto, após a entrega da mercadoria, o verdadeiro dono do cartão acionou a loja informando que não havia feito tais operações.

Já um homem de 30 anos alegou ter recebido uma chamada telefônica onde foi solicitada a quantia de R$ 800 por ele “sair com certas garotas”.

Após série de chantagens, a vítima fez o pagamento exigido através de PIX. Na sequência, bloqueou o número e trouxe para o conhecimento e investigação das autoridades.


159 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page