top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Em um mês, Marília tem três mortes por acidentes de trabalho na construção civil


MATÉRIA ATUALIZADA AS 20H10

Marília registrou três óbitos por acidentes de trabalho na área da construção civil em praticamente um mês. O primeiro caso foi no mês passado (veja abaixo).

Na manhã desta terça-feira (22), Antônio Donizeti Justino, de 47 anos, morreu após cair do telhado de um imóvel onde trabalhava na esquina da Rua 9 de Julho com a Rua Bonfim, no Bairro Alto Cafezal, zona oeste da cidade.

Foi socorrido por equipe do SAMU com politraumatismo, mas faleceu no Hospital das Clínicas. Foi registrada a ocorrência na CPJ e a Polícia Civil vai investigar as causas do acidente.

MORTE NA OBRA

No último dia 14, o operador de máquinas Maycon Elvis Ferreira de Souza, de 30 anos, morador do bairro Marina Moretti, na zona norte, morre após ser prensado por uma máquina "perfuratriz" quando trabalhava em uma obra no Bairro Tangará, na zona leste de Marília.

Ao tentar subir uma rampa de terra, o equipamento teria tombado e caiu em cima de suas pernas e abdômen.

Funcionários da obra e outras pessoas que testemunharam o acidente conseguiram tirar a vítima debaixo da máquina. Maycon morreu no local.

MORTE DO PINTOR

O pintor José Carlos Braga Pereira, de 52 anos, morreu por volta das 11h da manhã , no dia 25 de julho, após cair de um andaime em um prédio na Rua Bahia, área central de Marília.

A queda foi de uma altura de cerca de 7 metros onde era realizada reforma em uma academia. O trabalhador morreu no local. O SAMU foi acionado, o médico tentou reanimá-lo, mas constatou o óbito no local.




247 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page