Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Ex-secretário quebra o silêncio e diz que tem "conhecimento profundo dos intestinos da administração


Após divulgação de ofício do prefeito Daniel Alonso (PSDB), encaminhado à Delegacia Seccional de Polícia, com pedido de abertura de inquérito para apurar "suposta central de fake news e disseminação de ódio pelas redes sociais", o ex-secretário municipal de Obras, engenheiro Hélcio Freire do Carmo, citado no ofício, encaminhou Nota Oficial ao JP onde se manifesta sobre o caso.

Hélcio do Carmo também é alvo de abertura de Sindicância determinada pelo prefeito para apurar "supostas irregularidades" durante sua gestão como secretário.

"CHUTOU O BALDE"

Quando de sua saída da secretaria municipal de Obras, em setembro passado, Hélcio do Carmo encaminhou mensagem via whatsapp ao JORNAL DO POVO (após divulgação nesse sentido) dizendo que "ficaria melhor na sua manchete a verdade: secretário chuta o balde e saí".

Perguntado sobre quais seriam os motivos que o teriam levado a "chutar o balde", ele disse que estava "reorganizando a vida, mas certamente vamos conversar".


Nota Oficial do Ex-Secretário Municipal de Obras Públicas

Eng. Hélcio Freire do Carmo

"Eu, Hélcio Freire do Carmo, engenheiro, casado, nascido nesta cidade, que durante o período de 01 de fevereiro de 2020 e 28 de setembro de 2021, ocupou o honroso cargo de Secretário Municipal de Obras Públicas, vem por meio desta manifestar-se com indignação às matérias publicadas no dia 04/12/2021 que envolvem seu nome no mar de lama que é essa administração pública, deixando claro, à luz da verdade e transparência que:

1. Da mesma forma que durante sua gestão, manteve-se silente, sem nunca ter dado uma entrevista sequer a qualquer órgão de imprensa, sendo falsa a acusação publicada no jornal Giro Marília, que o secretário tenha feito ataques ao prefeito e que pode comprovar isso mediante a apresentação de troca de mensagens entre o mesmo e o prefeito, posteriormente à sua saída, demonstrando sem sombra de dúvidas, a boa relação entre ambos até agora, devendo ser provados os aludidos ataques à administração.

2. Quanto a investigação sobre possíveis irregularidades durante sua gestão à frente da Secretaria Municipal de Obras Públicas, coloca-se desde já à disposição das autoridades, disponibilizando seus sigilos bancário, telemático, telefônico, computadores e tudo o mais que puder contribuir para o saneamento das dúvidas e que caso seja identificado algum ato ou atos contrários a boa conduta do administrador público, responderá por este ou estes na forma da lei e que durante sua gestão, NUNCA utilizou veículo oficial à sua disposição, sempre utilizando-se de motocicleta particular, abastecida com seus recursos, nunca desviou ou arrecadou para si, familiares ou laranjas, um centavo sequer de dinheiro público, não construiu haras ou comprou cavalos, não desviou materiais ou utilizou-se de mão de obra de servidores, e mais, TODAS as suas ações à frente da secretaria foram levadas ao conhecimento pelo Sr. Prefeito Municipal Daniel Alonso, e na ausência deste quando em viagens turísticas ou oficiais, prevalecendo a primeira situação, principalmente no Resort Tayayá ou Gramado, levadas ao sr. Márcio Spósito, chefe de gabinete, que autorizaram e aprovaram a conduta do então secretário, e também na falta deste, outros secretários poderosos da casa.

E estranha que diante dessas gravíssimas denúncias, contra o Secretário Municipal do Meio Ambiente e Limpeza Pública, NÃO abriu nenhum processo ou sindicância para apuração dos fatos, rabo preso ou parte ? “Quem não deve não teme”.

3. No que tange a aludida participação na divulgação de falsas “Fake News”, pois aparentemente são reais as imagens, pois o ex-secretário conhece e visitou o local, por curiosidade, informa que NÃO mantinha, até agora, quaisquer relações com os srs. vereadores Eduardo Nascimento e Júnior Féfin, situação que muda com a questão presente,

NÃO conhece o sr. Marcelo Fernandes, bem como o sr. Vicente Giroto Filho e que a afirmação de participação do mesmo nessa ação viral fantástica contra o secretário municipal do meio ambiente, demandará aos acusadores comprovação cabal dos fatos e que ainda que encontrem respaldo jurídico para justificar o injustificável, continuará sendo o que de fato é, uma vergonha, um ultraje e uma demonstração de unidade da organização que comanda essa cidade, espirrando em todos os que fazem parte desse governo, muito ou pouco do fedor pútrido, exalado por esse governo, colocando-os em suspeição, como possíveis cúmplices desses desmandos, farinha do mesmo saco. “Quem não deve não teme”.

4. Por fim, declara que deixa o estado silente e discreto que sempre manteve, para defender às últimas consequências sua honra, utilizando-se do seu conhecimento profundo dos intestinos da administração municipal e seus operadores, demonstrando que o bem sempre prevalecerá ante a conduta dos maus.

5. Coloco-me à disposição para acolher eventuais denúncias sobre atos que prejudicam nossa cidade e ajudar no que for possível para limpar essa podridão instalada.

Vocês, esses caras que não nasceram aqui, ainda que alguns sejam nativos, não vão destruir nem depenar nossa cidade, essa cidade tem dono e não são vocês.

Deixo a seguinte reflexão a todos que chegaram até aqui.

“O QUE ME PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS MAUS, MAS O SILÊNCIO DOS BONS” Martin Luther King

Assinado:

Hélcio Freire do Carmo




181 visualizações0 comentário