Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Faip se manifesta sobre rolos com expulsões e "repreensões" de alunos


A direção da Faculdade do Interior Paulista (Faip), localizada na Zona Norte de Marília, encaminhou Nota nesta terça-feira (12), ao JORNAL DO POVO, se manifestando a respeito dos casos de expulsões e comunicados de portarias de "repreensão" a alunos.

Os imbróglios vêm sendo divulgados pelo JP desde a semana passada, quando foram registrados Boletins de Ocorrência na Polícia Civil por alunos expulsos da instituição.

"A FAIP repudia à desinformação veiculada por alguns veículos de informação, que geram confusão e involução na formação educativa de alunos, que é objetivada pela instituição de ensino", cita a Nota.


NOTA DE ESCLARECIMENTO

Marília, 12 de abril de 2022.

A Faculdade de Ensino Superior do Interior Paulista- FAIP, sediada em Marília desde 2003, vem promovendo ensino superior à população de Marília e região há 18 anos, e, vem a público esclarecer fatos e barrar narrativas veiculadas por alguns órgãos de imprensa:  a instituição tem como roteiro normativo seu Regimento Escolar, e responsavelmente procura corrigir comportamentos de infração às normas ali expostas como as exigências de: ética, respeito, educação, urbanidade e ausência de violência verbal ou através das mídias sociais, nas relações de convívio entre funcionários, docentes e alunos;  a instituição é ciosa do seu dever de aplicar penalidades às infrações regimentais - para corrigir eventuais desvios na formação ética de seus futuros profissionais formados;  todas as ações pedagógicas da Instituição são responsáveis e objetivam o cumprimento de sua missão: formar o ser humano técnica e cientificamente preparado, para o exercício de sua profissão, com ética e moral elevada;  a FAIP repudia à desinformação veiculada por alguns veículos de informação, que geram confusão e involução na formação educativa de alunos, que é objetivada pela instituição de ensino, e que poderia ser reconhecida e valorizada mais tarde, através do sucesso profissional que acolhe pessoas competentes e bem formadas;  foram tomadas medidas judiciais penais aos autores das injúrias, difamações, calúnias e ofensas à Instituição FAIP e ao seu corpo administrativo e docente, além dos processos impetrados para indenização às pessoas lesadas por danos morais.

A DIREÇÃO





1.121 visualizações0 comentário