top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Governo do Estado apresenta em Marília proposta para fortalecimento do PIB regional


Marília recepcionou na manhã desta quinta-feira (13), o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jorge Lima. Engenheiro mecânico formado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais e com vasta experiência em funções executivas - inclusive com grande expertise em negócios internacionais - Lima elogiou publicamente a conservação e a zeladoria de Marília, bem como o estágio urbanístico em que o município se encontra atualmente. “Primeiro quero dizer que a cidade de Marília está linda, extremamente bem conservada, com pouca poluição visual. E note que sou muito criterioso neste tipo de avaliação. Por isso, posso dizer que Marília está uma cidade limpa, harmoniosa, com um trânsito fluindo rápido. É claro que toda cidade tem um pouquinho de problema, entretanto identifiquei aqui uma cidade muito bem organizada, muito bem estruturada, muito bem equilibrada, em termos de visual de urbanismo. Apesar de ser engenheiro mecânico de formação, olho muito no que se refere ao urbanismo e à arquitetura, em geral. Tudo isso justifica inclusive um dos motivos da região ter subido de 1,4 para 1,6 no que se refere ao Produto Interno Bruto do (PIB) do Estado de São Paulo”, afirmou o secretário , que tem em sua trajetória funções executivas em grandes companhias, como a Semco Johnson Controls e BRF Latam. O encontro organizado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, com o apoio da Prefeitura de Marília, no auditório do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) Alta Paulista, reuniu diversos prefeitos da região, lideranças empresariais, a exemplo do diretor do Ciesp Silvio Zílio, e autoridades políticas, incluindo a deputada estadual Dani Alonso (PL), deputado federal Capitão Augusto (PL), vereador Sérgio Nechar, o Dr Nechar (PSB), vice-prefeito Cícero do Ceasa (PL) e o prefeito Daniel Alonso.

Secretário Jorge Gomes com a família Alonso “É importante salientarmos que Marília é a principal cidade desta região, liderando uma área territorial que corresponde a 10% de todo o Estado de São Paulo. São mais de 60 cidades que encontram na Capital Nacional do Alimento o maior centro comercial, centro atacadista e varejista. Agrega uma estrutura de hotelaria, transportes, agências bancárias e cooperativas financeiras, economia criativa, centros educacionais e é referência em Saúde, Medicina e rede hospitalar”, ressaltou o prefeito. O PIB da região de Marília é na ordem de R$ 35 bilhões e nos 5 primeiros meses deste ano, gerou 1.600 novos empregos, acumulando quase 15 mil contratações formais de janeiro a maio conforme dados do Ministério do Trabalho. “Possuímos 85 mil pessoas empregadas formalmente, o que equivale a 35% da população. Marília avança em qualidade de vida, em estrutura urbana e na oportunidade do crescimento profissional e empresarial. A renda média dos trabalhadores é de R$ 3.300,00 - correspondendo a dois salários-mínimos e meio”, destacou Daniel Alonso.

O produto interno bruto da região de Marília foi o que apresentou maior crescimento em todo o Estado de São Paulo em 2022, conforme informação da Fundação Estadual de Análise de Dados (Seade). O lançamento da coalizão para alavancar o crescimento do PIB regional, tendo Marília como carro-chefe. “Existem várias alternativas para alcançarmos o desenvolvimento e, consequentemente, a geração de empregos. Temos a agricultura, a economia circular, turismo, economia criativa, entre outras”, pontuou o secretário Lima.

A proposta do Governo de São Paulo é tratar cada uma das 16 coalizões regionais para o fomento econômico como se fossem um ‘Estado independente’. “Isso porque o nosso governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, já trata o nosso Estado como se fosse um país”, disse.

27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page