top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Homem que matou vizinha a tiros após desavenças em rede social será julgado hoje, em Marília


Vitória morreu com vários tiros disparados por Wellington, na zona norte de Marília

Será realizado no Tribunal do Júri do Fórum de Marília, nesta quarta-feira (25), o julgamento do autônomo Wellington Ricardo dos Santos Araújo, acusado de matar a tiros a jovem Vitória dos Santos Alves, de 20 anos.

O crime ocorreu por volta das 12h do dia 23 de setembro de 2020, no Jardim Santa Antonieta, na zona norte de Marília.

O acusado e a vítima eram vizinhos e tinham constantes desentendimentos. Alguns dias antes do crime, Wellington teria visto na rede social Facebook um perfil falso com ofensas contra ele e sua esposa. Ele atribuiu às publicações a Vitória.

O acusado deixou o trabalho durante o almoço, foi a um local de pouca movimentação, onde trocou de roupas e cobriu a lataria e a placa da motocicleta Honda Fan com plásticos.

Em seguida, foi até a residência de Vitória, na Rua Alcides João Zambon. Ela conversava com um rapaz quando o Wellington chegou, sacou a arma e efetuou tiros, que atingiram tórax, abdômen e perna da vítima.

Vitória, segundo a irmã dela que estava em um cômodo da casa, disse: "para, por que você está fazendo isso comigo?". Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Investigações levaram o acusado para a cadeia. Ele foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado (motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima) e no caso de condenação, pode pegar uma pena de até 30 anos de prisão em regime fechado.




487 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page