Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Hospital Veterinário da Unimar realiza campanha de conscientização sobre o câncer de mama em animais


O Hospital Veterinário da Universidade de Marília (Unimar) realiza a Campanha Outubro Rosa Pet para conscientizar os tutores sobre o câncer de mama em animais. O objetivo é levar informação sobre a importância da prevenção, diagnóstico precoce e tratamentos, assim, evitando o agravamento da doença.

De acordo com uma das organizadoras da campanha, a docente Cláudia Sampaio Fonseca Repetti, é fundamental sempre chamar a atenção à causa. “Estamos, mais uma vez, com ações que visam conscientizar a população sobre a prevenção e diagnóstico precoce dos animais, nas fêmeas e nos machos, que mesmo sendo menos comum, também apresentam os tumores nas mamas, mostrando que é preciso realizar a palpação das mamas constantemente e ao identificarem qualquer nódulo ou aumento de volume, levar ao médico veterinário da sua confiança para que possa ser feito o diagnóstico, porque quanto antes for realizado, mais chance de cura”, explica.

No Hospital Veterinário da Unimar, além da palpação, os animais são submetidos a exames clínicos, para identificação do tipo de tumor. De acordo com a, também coordenadora da campanha e docente da Unimar, Camila Dias Porto, estes exames garantem a eficácia do tratamento. “É fundamental um acompanhamento profissional, porque há vezes que os tutores não conseguem perceber os nódulos e quando descobertos, já estão avançados. Aqui no Hospital, após a constatação do nódulo nas mamas, realizaremos uma biópsia para descobrir se é benigno ou maligno, aumentando as chances de cura do animal”, conta.

O câncer de mama é um tumor hormônio-dependente provocado pelas alterações hormonais, que possibilitam as células mamárias a se multiplicarem de uma maneira errônea e formar o câncer. Nos animais, a causa se dá por dois fatores, o uso de anticoncepcionais ou a gravidez psicológica. Para a prevenção, os médicos veterinários indicam a castração. “A recomendação é que se não há o interesse na reprodução, precisa submeter o animal a castração, por ser o método mais seguro para evitar o aparecimento destas neoplasias de mama ”, destaca Cláudia.

Ainda segundo Cláudia, o tratamento mais seguro e eficaz é a mastectomia. “O único tratamento para os animais é a cirurgia com a remoção completa ou parcial, o que vai depender do caso de cada animal, Em casos de tumores malignos, é preciso ainda o acompanhamento, já que os tumores podem espalhar para outros órgãos, causando complicações mais sérias”, ressalta.

Ao longo do mês, os animais que passarem por atendimento no Hospital Veterinário da Unimar serão avaliados e os tutores receberão orientações. Os atendimentos ocorrem de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h. Para mais informações, ou agendamento, entrar em contato através do (14) 2105-4065.

8 visualizações0 comentário