top of page
Buscar
  • Adilson de Lucca

Humorista que trata bolsonaristas como idiotas e zomba de cristãos faz show no Teatro do Sagrado


O humorista Tiago Santineli apresenta o stand-up comedy "O Pai da Mentira" neste sábado (21), às 20h, no Teatro do tradicional Colégio Sagrado Coração de Jesus, em Marília. Os ingressos custam RS 45,00 (meia-entrada) e R$ 90,00 (inteira).

Comediante com viés de esquerda, ele agride verbalmente bolsonaristas em seus shows, classificando-os como idiotas. Além de zombarias a evangélicos. Já recebeu diversas ameaças de morte em seu perfil, especialmente após o lançamento do seu show ‘Antipatriota’ no YouTube.

Cita em seu show uma tese de que é possível “converter” bolsonaristas à esquerda. Segundo o humorista, bastava mesclar a mentira e o medo, “como faz a igreja”. Ele, que passou 23 anos seguindo a religião, fez diversas piadas criticando “os crentes” e como se sentia controlado pela sua crença.

A apresentação tem duração de 70 minutos. A classificação etária é 16 anos.

"O IDIOTA DE VERDE"

Crítico ferrenho do ex-presidente Jair Bolsonaro e outros nomes da direita, o comediante Tiago Santineli decidiu lançar um vídeo polêmico para anunciar o lançamento do seu especial de stand-up no YouTube.

Junto com o rapper Djonga, ele provoca a morte de vários bolsonaristas. O cantor mineiro bate diversas vezes na cabeça de um sósia de Luciano Hang, empresário, dono da Havan e apoiador de Bolsonaro.

Com o título ‘Patriotas inglórios’, o vídeo de pouco mais de 6 minutos faz um paralelo com o filme dirigido por Quentin Tarantino. Enquanto no longa de 2009 um grupo de soldados americanos de origem judaica se junta para matar o maior número possível de alemães nazistas, Santineli aparece como o líder de um grupo de extermínio de patriotas, em referência a como os bolsonaristas se autointitulam.

No vídeo, o humorista pede a um de seus capangas para trazer “o idiota de verde”. O homem, então, leva um careca vestindo um terno verde com uma gravata amarela, em uma referência a Luciano Hang. Santineli pede para o prisioneiro ajoelhar em estrume de vaca e o ameaça. “Você tá ligado que nosso negócio não é fazer notinha de repúdio contra vocês. Nosso negócio é descer a porrada na cabeça de patriota”, diz.

Ele ainda pede para que o homem de verde diga onde está Nicole, em troca de sua vida. “Não vou colocar a vida de patriota em risco”, nega o sósia de Hang. “Não vou falar nada para você e nem para esses comunistas maconheiros”, ressalta em outro momento.

Em seguida, Santineli diz que Gustavo vai fazer o trabalho. “Tem patriota querendo se encontrar com Olavo”, chama o humorista, se referenciando a Olavo de Carvalho, morto em janeiro de 2022. Surge, então, Djonga, que se chama Gustavo e é conhecido pelas músicas de cunho político e luta contra o racismo. “Quer dizer que, depois de tudo, você achou que não ia acontecer nada?”, pergunta ao prisioneiro, antes de acertar o taco de beisebol na cabeça do homem.

O vídeo termina com Santineli saindo apressado para um show e pedindo a seus companheiros para capturar Nicole com vida. Não fica claro a quem ele se refere, mas pode ser uma crítica a Nikolas Ferreira (PL-MG) O deputado federal usou uma peruca no Dia da Mulher para fazer um discurso na bancada da Câmara dos Deputados.






986 visualizações1 comentário

1 comentário


Laura Nunes
Laura Nunes
20 de out. de 2023

E qual seu objetivo com esse texto? Desmoralizar um comediante? Apelar para o conservadorismo mariliense para que as pessoas "de bem" não apareçam no show? Esse sequer é o público do Santinelli. Na verdade, bolsonarista tem essa coisa mesmo de nem checar a fonte antes de ler ou ter contato com algo, então pode ser que apareça alguns, mas logo sentirão vontade de ir embora - ofendidos, é claro.

Inúmeros humoristas brincaram ao longo dos anos com o Lula, com a Dilma, inclusive em rede aberta, e eu não tô lembrada de sair em jornal nenhum da cidade de Marília alguma nota moralista repudiando, pelo contrário.


Você é contra, não gosta? Legal. Basta não ir. Beijos!

Curtir
bottom of page