Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Idosa de 105 anos se recupera da Covid-19 após surto da doença em asilo na região


A saída de uma idosa de 105 anos do Hospital em Pirajuí (83 quilômetros de Marília) foi celebrada por profissionais da instituição. Ela carregava na cadeira de rodas um pequeno cartaz "eu venci o Covid-19".

Maximiana Alves Barreto Camargo, de 105 anos, está entre os moradores de uma casa de repouso em Pirajuí (83 quilômetros de Marília) que sobreviveram a um surto de Covid-19. No total, 32 idosos residentes do Hospital Lar Irmã Dulce foram infectados pelo novo coronavírus, além de 14 funcionários.

Dos 32 idosos infectados, 14 já receberam alta hospitalar na última sexta (22). Entre eles, está Maximiana, que é do estado da Bahia. A superação da idosa de 105 anos conhecida como Dona Massu emocionou a equipe da instituição, que cantou parabéns quando ela percorreu o corredor para deixar a ala onde estava sendo mantida isolada.

O mesmo clima de emoção foi visto quando os outros 13 pacientes tiveram alta após vencerem a Covid-19. A sensação de alívio veio após o susto de ter o novo coronavírus, conhecido por causar mais complicações em idosos, entre os residentes da instituição.

“O primeiro caso positivo para nós foi um momento de desespero. Eu quase morri porque achei que todos iam morrer. Mas respirei fundo e a partir daí eu tive certeza que eles [idosos] já enfrentaram tanta coisa na vida, já receberam tantos nãos, tantas perdas, que não seria um vírus que iria impedi-los de viver”, destaca a diretora do Hospital Lar Irmã Dulce, Milena Formagio.

Surtos de Covid-19 em lares para idosos de Pirajuí

O primeiro morador da instituição a testar positivo para Covid-19 foi um homem de 85 anos. O caso foi confirmado no dia 08 de janeiro e a suspeita é a de que ele tenha sido infectado por algum funcionário, pois desde o começo da pandemia o lar não recebe visitas de externas.



46 visualizações0 comentário