top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Julgamento de trio acusado de homicídio marca volta do Tribunal do Júri no Fórum de Marília, hoje


Julgamento de três réus acusados de homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima), nesta quinta-feira (26), marca o retorno de julgamentos (suspensos pela pandemia da Covid) no Tribunal do Júri no Fórum de Marília. Justiça de Marília retoma na quinta-feira (26) os julgamentos pelo Tribunal do Júri.

Estarão no banco dos réus o padeiro Rafael Augusto Luciano Santana, o “Boneco”, o autônomo Max Diniz Lourenço, e o mototaxista Roberto Aldeghi, acusados pelo assassinato de Thiago Rodrigues dos Santos, de 29 anos, o “Porquinho”.

O crime aconteceu no início da tarde de 13 agosto de 2015, no conjunto de apartamentos do CDHU, na Zona Sul de Marília. “Porquinho” e “Boneco” teriam tido uma discussão e minutos depois, o acusado voltou ao local armado e efetuou um disparo a queima roupa no tórax. A vítima não resistiu e morreu antes do socorro médico. Após o crime, o acusado fugiu com um mototaxista em direção a propriedades rurais na Zona Sul.

"Boneco" foi deixado próximo a porteira de uma fazenda e fugiu a pé. Cão farejador foi utilizado nas buscas, mas “Boneco” foi preso no início da noite, em um dos apartamentos do CDHU.



77 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page