top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Justiça manda apreender CNH de motorista que causou acidente com morte de estudante, em Marília


Após conclusão de inquérito policial, a Justiça determinou o bloqueio e apreensão da CNH de João Pedro Cardoso Aranão, de 22 anos. Ele é habilitado na categoria B e o documento tinha validade até 31 de agosto de 2025. O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) inseriu no sistema o bloqueio de suspensão do direito de dirigir por tempo indeterminado. João Pedro conduzia um veículo envolvido em acidente na SP-333 (Marília a Assis) na manhã do dia 25 de novembro do ano passado, próximo à Fundação Casa.

O VW Polo, branco, ano 2018 foi atingido por uma carreta e o estudante de medicina João Pedro Franco D’Avila, de 21 anos, que estava no banco de trás, morreu no local. Outros dois passageiros, André Sampaio de Souza Haddad, de 22 anos, e Marco Aurélio Parise, de 29 anos tiveram ferimentos generalizados. João Alves, de 23 anos, que estava no banco da frente e o motorista do carro não se feriram. Todos eram estudantes de medicina.

O acidente, por volta das 7h, ocorreu quando o Polo parou sobre a pista para fazer um retorno, no sentido Marília a Assis. A carreta Volvo FH 540, ano 2021, conduzida por Evandro de Souza, de 40 anos, que seguia atrás, tentou desviar, mas atingiu a traseira do carro.

O motorista da carreta relatou que o carro seguia em zigue-zague à frente e parou bruscamente sobre a pista. O trecho está passando por obras de duplicação e o retorno é proibido.

O condutor do veículo, João Pedro Aranão aparentava estar embriagado. Se negou a realizar o teste do bafômetro, mas depois fez e foi constatada a embriaguez. Ele foi conduzido á CPJ e autuado em flagrante e depois liberado.




267 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page