Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Justiça manda prender acusada de matar mulher e tentar matar o marido, na região


Maria Cristina foi presa e Eunice Aparecida Damazio, de 44 anos, faleceu no local


Após incessante trabalho de investigação da Polícia Civil de Paraguaçu Paulista, Maria Cristina Correia de Souza, de 43 anos, foi presa nesta sexta-feira (11), por tentar matar o seu esposo e matar uma mulher que o acompanhava em uma motocicleta, colidida por um carro conduzido pela acusada.

Logo após o ocorrido, Maria Cristina chegou a ser presa, mas no dia seguinte ela teve a liberdade provisória concedida em audiência de custódia. Porém, a Polícia Civil conseguiu colher provas suficientes para que ela voltasse a ser presa para responder o processo em regime fechado.

A delegada responsável pelas investigações, Drª Raquel Santos de Oliveira, explicou à reportagem do i7Notícias que foi possível concluir que Maria Cristina teve a intenção de jogar o carro contra o seu esposo, Luis Antonio da Silva, de 41 anos, e Eunice Aparecida Damazio, de 44 anos, sendo a mulher vítima fatal.

“Concluímos que houve dolo por parte da autora Maria Cristina e que ela intencionalmente jogou o carro contra as vítimas e arrastou elas por cerca de trinta metros, até se chocarem na casa de uma residente. Ela parou o carro, porque ele se chocou no muro”, contou a delegada.

A autora do crime foi encaminhada à CPJ de Assis, depois para a cadeia de Lutécia e, por último, ao Presídio de Pirajuí, onde ira responder pelo crime presa.

Drª Raquel Santos de Oliveira - delegada responsável pelas investigações

O CRIME

No fim da tarde do sábado passado, dia 05, uma moto ocupada por Luis Antonio da Silva, de 41 anos, e Eunice Aparecida Damazio, de 44 anos, foi prensada pelo carro conduzido por Maria Cristina Correia de Souza, de 43 anos, contra o muro de uma casa na Rua Antônio Machado, no Parque das Acácias. A auxiliar de limpeza, Eunice Aparecida, que estava na garupa, chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas morreu no hospital.

Eunice Aparecida Damazio, de 44 anos, faleceu no local do crime

Já o homem que pilotava a moto, o mecânico Luiz Antônio da Silva, de 41 anos, marido da motorista e com quem tem um filho de 10 anos, também foi socorrido, permaneceu alguns dias internado, mas já se encontra em sua residência.

Após o impacto, que chegou a fazer um buraco no muro do imóvel, os dois que estavam na moto ficaram sob o veículo. Com a ajuda de moradores da região, o carro foi retirado para atendimento das vítimas. A motorista do carro não teve ferimentos, mas recebeu atendimento médico. Em seguida, foi levada à delegacia.

No fim da tarde de sábado, Maria Cristina disse que foi até a casa da vítima, que era inquilina do imóvel pertencente a ela e ao marido, para cobrar o aluguel. Neste momento, viu o marido na moto com a mulher. Em seguida, pegou o carro e foi atrás dos dois, mas que no local do acidente não conseguiu desviar da moto. (Com Portal I7)




154 visualizações0 comentário