top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Ladrão que arrastou idosa pela rua em roubo de bolsa na Zona Sul pega mais de 6 anos de cadeia


Um ladrão que atacou e roubou uma idosa de 65 anos, na Zona Sul de Marília, após derrubá-la arrastá-la por cerca de dez metros puxando a bolsa que estava em seu ombro (ela sofreu ferimentos e fraturou duas costelas), foi condenado a 6 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado. A decisão é do juiz Paulo Gustavo Ferreira, da 2ª Vara Criminal do Fórum de Marília e cabe recurso.

O CASO

Conforme os autos, Gabriel de Araújo Brandão, no dia 21 de abril deste ano, por volta de 9h30, na Avenida João Ramalho, Zona Sul da cidade, atacou e derrubou a vítima M.D.S no chão e roubou a bolsa dela (com R$ 1.100,00 em dinheiro) e um aparelho celular da marca “Samsung”, avaliados em R$ 850,00,

A idosa declarou que na data dos fatos caminhava pela Avenida, com sua bolsa e algumas sacolas de compras, quando o rapaz a abordou pelas costas e puxou a sua bolsa. Ela a segurou e acabou caindo ao solo. O ladrão continuou puxando a bolsa, arrastando-a até o meio da rua, quando finalmente conseguiu arrebatá-la. Uma pessoa de carro parou para ver o que ocorria e o meliante a ameaçou, dizendo para “não se meter com ele”. A vítima disse que não conseguiu ver o rosto do autor do delito, pois ele a atacou pelas costas e foi tudo muito rápido.

A Polícia Militar foi acionada e o ladrão acabou preso, na posse do celular e R$1.100,00, que estavam na bolsa. Em decorrência do ataque que sofreu, a vítima trincou duas costelas.

As testemunhas Renato Alves da Silva e Luís Fernando Gabriel Marques, policiais militares rodoviários, declararam que estavam na rodovia, nas proximidades da UPA Sul, quando populares anunciaram que uma senhora havia sido roubada. De posse das características do suspeito, realizaram um patrulhamento e visualizaram o réu, que se enquadrava na descrição. Ele foi abordado e encontraram com ele o aparelho celular e o dinheiro pertencentes à vítima. Outras diligências foram realizadas e também conseguiram encontrar a bolsa com os demais pertences dela.

DROGADO

O réu Gabriel, interrogado, declarou que na data dos fatos estava drogado e por isso não se lembra de nada o que ocorreu.




53 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page