top of page
Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Luan, garoto que deixou o MAC sob polêmica e foi dispensado pelo Palmeiras, vira estrela na Copinha


Um garoto que virou polêmica ao deixar o Marília Atlético Clube (MAC) rumo ao Palmeiras, em 2019, virou estrela na reta final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, este ano.

Neste domingo, Luan Campos, de 20 anos, marcou os três gols do América mineiro na partida da semifinal da competição contra o Santos, na Vila Belmiro. VEJA OS GOLS.

Com a derrota por 3 a 0 em casa, o Santos foi eliminado e o América enfrentará o Palmeiras na final, na próxima quarta-feira (25).

Desta forma, Luan, que residia com seus familiares no Bairro Argolo Ferrão, na Zona Oeste de Marília, vai enfrentar o time que o dispensou um ano depois da contratação. Em entrevista no final da partida, ontem na Vila Belmiro, Luan mandou mensagem para seus familiares aqui em Marília. SAÍDA POLÊMICA

Na época em que saiu da base do MAC, em 2019, a diretoria do Clube, sob o comando de Daniel Alonso e Alysson Alex, fez representação na Federação Paulista de Futebol (FPF) acusando o Palmeiras de ter aliciado o jovem talento e tentou "bloquear" a contratação do garoto pelo time do Allianz Park. Em meio à polêmica e rolo de empresários e boleiros disputando os direitos sobre o craque, o então diretor geral de futebol do MAC, Eduardo Nascimento, emitiu um documento e dispensou o garoto para jogar no clube "que melhor lhe convier". O tal documento foi usado pelo Palmeiras em sua defesa na FPF e o Clube ficou com o atacante.

O atacante chegou a treinar com o elenco profissional do Palmeiras. Antes de assinar seu vínculo com o time alviverde, Luan passou por um “teste de fogo” ao disputar a Copa Santiago, no Rio Grande do Sul, em janeiro pelo clube. Titular em todas as partidas, o jovem atleta foi muito bem. Terminou a competição, na qual o Verdão foi campeão, como artilheiro, com cinco gols, e melhor jogador do torneio. Luan foi campeão paulista sub-20 com o alviverde, em 2021.

Mesmo com essa projeção, o garoto foi dispensado do Verdão. Luan, sob a tutela dos empresários Cláudio Guadagno e com o Leôncio, assinou contrato com o América de Minas, em abril do ano passado.

Nos campeonatos Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil de base, já com a camisa do Coelho, esteve em campo em 28 jogos, marcando 13 gols, média de 0,4 por partida.

Na Copinha de 2023, participou de oito jogos pelo América, e antes do hat-trick na semifinal, tinha marcado um gol e dado três assistências.

Na última temporada, o atacante marcou 13 gols em 28 partidas. O rendimento o tornou destaque do Coelho em boas participações no sub-20: o vice-campeonato Mineiro e a campanha até as quartas de final do Brasileirão.

Em um dos jogos pelo nacional, encontrou seu ex-clube – agora adversário na final Copinha – e saiu melhor. Durante jogo disputado com mando do Palmeiras, o Coelho venceu por 3 a 2 e quem balançou a rede para a vitória foi Luan, ao converter cobrança de pênalti.

Esta é a última Copa São Paulo de Futebol Júnior que Luan Campos pode ser inscrito, o que representa uma maior possibilidade de chances no profissional ainda no Mineiro deste ano. O atacante pode se aproveitar da fase do Coelho, que anualmente se firma como um time de elite do futebol brasileiro.

Em meio á muita polêmica, o garoto Luan foi liberado pelo MAC em outubro de 2019, rumo ao Palmeiras










3.249 visualizações0 comentário
bottom of page