Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

MAC perde de virada para a Portuguesa no Abreuzão: 2 a 1. Decisão da Copa Paulista será no Canindé


Sob um forte calor com sensação térmica em torno de 34 graus em campo, o MAC fez a primeira partida da final da Copa Paulista contra a Portuguesa, na tarde deste domingo (20), no Abreuzão. Perdeu de virada por 2 a 1.

O jogo começou bem equilibrado, com o Tigrão jogando mais na retaguarda. Até que aos onze minutos ganhou um escanteio. Na cobrança, o goleiro da Portuguesa Dheimison fez uma ótima defesa, mas no rebote apareceu o zagueiro Geninho para tocar para os fundos das redes e abrir o placar: 1 a 0.

Após o gol, o Marília, ao invés de ir pra cima, recuou e ficou no toque de bola. A Portuguesa foi gostando do jogo e aos poucos criando oportunidades. Até que aos 28 minutos a Lusa invadiu a área, Caique bateu forte na direção do gol, a bola desviou no zagueiro Geninho e entrou: 1 a 1.

Após o empate o jogo voltou a ser equilibrado, mas o Marília avançou mais. Aos 34 minutos, houve um pênalti claro em cima de Orlando Júnior, mas o árbitro Thiago Duarte Peixoto mandou o jogo seguir.

SEGUNDOTEMPO

A Lusa voltou para o segundo tempo com mais vontade que o MAC. Logos aos 3 minutos mandou a bola para os fundos das redes, mas a arbitragem apontou impedimento. Minutos depois, o zagueiro maqueano Júnior Santos se atrapalhou e a bola sobrou limpa para Patrick, que ficou frente a frente com o goleiro Igor, mas não concluiu para o gol.

Após os 17 minutos o Tigrão foi pra cima e quase chegou ao gol, mas a defesa da Lusa estava bem postada e fez as intervenções. Teve chances em contra-ataques, mas não evoluiu. Faltou mais criatividade para as equipes em campo.

Enfim, com o jogo equilibrado, a Lusa aproveitou bem uma falha clamorosa do zagueiro maqueano Artur Gaúcho (que "furou o corte de uma bola cruzada pela direita) e chegou ao vira-virou aos 35 minutos com o artilheiro Bahia: 2 a 1. O Marília não se entregou, tentou reagir, teve algumas oportunidades para empatar, mas não conseguiu.

Com o resultado, a decisão da Copa Paulista será mesmo na próxima quarta-feira (23), às 19h, no estádio Canindé, em São Paulo. O MAC precisará vencer por qualquer placar para empurrar a decisão para os pênaltis. O campeão do torneio receberá um prêmio de R$ 250 mil e poderá escolher a Copa do Brasil ou a Série D de 2021, enquanto que o vice receberá R$ 150 mil e ficará com a vaga restante .A diretoria da Portuguesa já declarou que, se a equipe for campeã, fará opção pela Série D do Brasileirão.




60 visualizações0 comentário