top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

MAC perde por 3 a 0 para o Brusque no Abreuzão e é eliminado no primeiro jogo na Copa do Brasil


Uma quarta-feira de cinzas para o MAC, que se comportou como "time grande" até o início do jogo desta quarta-feira (22), contra o Brusque SC pela Copa do Brasil. A bola começou a rolar e o Tigrão assustado, já levou o primeiro gol com menos de meio minuto de jogo. O atacante Cléo Silva chutou cruzado da esquerda e surpreendeu o goleiro Passareli, abrindo o placar: 1 a 0.

O time de Santa Catarina, que tinha a vantagem do empate, continuou dominando e aos 6 minutos, o centroavante Olávio mandou o pé, aproveitando cruzamento de Airton pela direita após cobrança de escanteio e ampliou o placar: 2 a 0.

Mesmo com vantagem no placar, o Brusque continuou pressionando a saída de bola do Marília. A superioridade técnica do time catarinense era flagrante em campo.

Aos 21 minutos, o atacante Everton Bala recebeu bola esticada do meio de campo e saiu cara a cara com o goleiro Passarelli, deu uma leve deslocada, chutou forte à meia altura e fez mais um: 3 a 0.

Com o MAC perdido em campo, começou a pintar a goleada. O Brusque criou ao menos mais três boas oportunidades de gols, mas o primeiro tempo terminou no 3 a 0. Ufa!

SEGUNDO TEMPO

O time de Santa Catarina voltou para o segundo tempo como mandante. Tocando bem a bola e colocando o MAC na roda. O técnico maqueano fez algumas alterações e o time até que melhorou, mas não o suficiente para ameaçar o Brusque.

O técnico catarinense também fez três alterações, substituindo jogadores que haviam levado cartões amarelos no jogo.

Aos 16 minutos, Alex Ruan encontrou Lucas Poletto, que mandou uma pancada para o gol do Marília! Mas, o atacante do Brusque estava em posição irregular! O quarto gol do time catarinense foi anulado

A partida ficou morna, com o adversário administrando o resultado, para sorte do MAC! Ao menos não se confirmou a goleada projetada pelo Brusque até a metade do primeiro tempo. Por volta dos 35 minutos do segundo tempo a torcida maqueana, com 4.113 pagantes no Abreuzão (renda de cerca de R$ 60 mil), começou a deixar o estádio.

Aos 46 minutos, cobrança de falta, Guilherme Teixeira sobe alto para mandar às redes! No entanto, o zagueiro do MAC estava em posição irregular! O MAC receberá R$ 750 mil da CBF pela participação no certame, este ano.

POSICIONAMENTOS

"Tomamos gols muito, muito rápido e jogamos com uma equipe que está acima do nosso nível. Não tenho nada, absolutamente nada a cobrar dos nosso atletas. Foram valentes", disse o técnico Guilherme Alves, e entrevista no final da partida.

O presidente em exercício do MAC, dr. Alysson Alex Souza e Silva, enalteceu a torcida maqueana pelo apoio no jogo de hoje e pediu que continue indo ao estádio. "Nosso foco volta ao acesso à Série A2 do Campeonato Paulista. A gente dorme hoje dolorido pelo resultado, mas vamos em frente em busca da classificação e acesso no Paulista. Precisamos manter a liderança contra o Grêmio Prudente, no jogo do próximo domingo", disse Alysson.

FIM DE PAPO

Enfim, em sua segunda participação na Copa do Brasil (a primeira foi em 2020), o Tigrão não passou da primeira partida. Em 2021, em Cariacica (ES), ficou no 0 a 0 com o Criciúma (também de Santa Catarina) e foi eliminado na estreia, já que o adversário também tinha a vantagem do empate.

Voltemos, então, à nossa realidade e o MAC segue no Campeonato Paulista da Série A3 (onde é líder). O próximo jogo por este certame será no domingo (26) contra o Grêmio Prudente, aqui no Abreuzão.








264 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page