top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Maior índice de reclamações no Procon em Marília é sobre altos juros de empréstimos em financeiras


Guilherme Moraes, diretor do Procon em Marília

Do total, 13.086 foram referentes aos assuntos financeiros, repetindo assim a tendência apresentada no mês de dezembro

O Procon, órgão de Proteção e Defesa do Consumidor, em Marília, vinculado à Secretaria Municipal de Direitos Humanos, realizou um total de 45.205 atendimentos durante o ano de 2022. O balanço anual foi divulgado pelo órgão na manhã desta quarta-feira, dia 4 de janeiro, sendo que desse total, 13.086 foram referentes aos assuntos financeiros repetindo assim a tendência apresentada no mês de dezembro. Ainda de acordo com o balanço, em dezembro foram 4.455 atendimentos, dos quais, 2.124 foram referentes a assuntos financeiros, maior demanda no período. O total de atendimentos em 2022 representou um aumento de 68% referente aos atendimentos realizados em 2021 (30.745). Dos atendimentos realizados 44,59% foram referentes à emissão de notificações e 24,27% referente a atendimentos preliminares. De acordo com o diretor do Órgão, Guilherme Moraes, “o elevado número de atendimentos reflete a atual situação que o consumidor tem sido exposto, especialmente no que diz respeito à oferta de crédito e o aumento expressivo nos juros dos empréstimos ofertados ao consumidor”. Guilherme destaca ainda que, “apesar de muito afrontada, a Defesa do Consumidor no ano de 2022 passou por grandes modificações que possibilitaram à parte fraca da relação de consumo o exercício pleno de cidadania”.



63 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page