top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Mais duas pessoas caíram em golpes fazendo negócios pela internet. Uma delas perdeu R$ 7 mil


Um homem de 28 anos, C.C.S.M, residente em Vera Cruz, registrou queixa de estelionato na CPJ, em Marília, após cair em golpe na compra de uma motocicleta. Ele perdeu R$ 7 mil.

O dono da moto, uma Honda Fan 160, ano 2017, placa de Marília, W.P.P, de 32 anos, colocou anúncio de venda do veículo no Facebook, por R$ 13.990.

Em seguida, recebeu ligação de um homem que dizia se chamar Bruno, dizendo estar interessado na moto e solicitou dados e fotos do veículo, pois o compraria para negociar com outra pessoa (a vítima do golpe), que vendia um terreno.

Disse que C. procuraria W. e que o mesmo deveria dizer que era primo dele (do tal Bruno). C. procurou W. viu a motocicleta e decidiu comprá-la pelo preço de R$ 7 mil, conforme pediu o golpista.

C. fez então três depósitos via PIX, no total de R$ 7 mil para a conta de uma mulher (outra vítima) indicada pelo golpista, a qual deveria ir até o cartório e se apresentar como esposa de C. Nesse rolo todo, C. acabou perdendo os R$ 7 mil.

IDOSO TAMBÉM CAIU EM GOLPE

Outra vítima de golpe foi um morador do Bairro Maracá, na Zona Norte de Marília. L.E.S, de 63 anos, relatou que comprou pela internet, através da empresa "CASA do BTV", um conversor de TV em TV Smart, algo chamado de TV BOX, pagando o produto em seu cartão de crédito, em 10 parcelas de R$ 66,60.

A data para entrega do produto era até o dia 5 passado e a primeira parcela no valor de R$ 66,60 foi debitada de seu cartão de crédito dia 27 de julho.

Como até agora o produto não lhe foi entregue, a vítima foi até o PROCON que consultou o CNPJ da referida empresa, junto ao site da Receita Federal, onde constatou-se que a mesma foi considerada Inapta, sendo que não consta sequer endereço ativo. Então, o idoso descobriu que havia caído em um golpe e procurou a policia.







173 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page