top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Mais uma mulher foi vítima de ladrão em saidinha de banco na Zona Norte de Marília


Foi registrada nesta quinta-feira (19), na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília, um caso de assalto em saidinha de banco ocorrido na tarde de terça-feira (17), na Zona Norte de Marília.

No dia seguinte, quarta-feira (18), houve outro caso semelhante, também na Zona Norte, onde uma idosa de 72 foi atacada por um ladrão após ter feito saque na agência do Banco do Brasil, na Vila São Miguel.

No caso de terça-feira, uma mulher de 54 anos, acionou a Polícia Militar por volta das 16h, após ter sido vítima de assalto. Ela sacou R$ 300 de uma agência bancária na Avenida República, Bairro Palmital e quando se preparava para entrar no veículo, foi abordada por um assaltante encapuzado.

O meliante apontou um revólver e exigiu que ela entregasse a bolsa com o dinheiro, documentos e cartões de crédito. A Polícia Civil aguarda a gerência do banco fornecer imagens de câmeras para seguir com as investigações.

O CASO DA IDOSA

Após desferir um soco na cabeça, derrubar uma idosa de 72 anos no chão e roubar sua bolsa, na Vila São Miguel, Zona Norte de Marília, um ladrão acabou preso em flagrante pela Polícia Militar, em Marília.

Logo depois de receber o chamado de socorro via 190, por volta das 14h30 da terça-feira (17), equipe rapidamente compareceu no local dos fatos e fez contato com a vítima, que informou as características do homem que havia lhe agredido e roubado.

A vítima estava bastante aflita pois acabara de sair de uma agência bancária onde sacou R$ 994 de seu pagamento, além de seu celular e documentos pessoais estarem na bolsa roubada.

O patrulhamento foi imediatamente iniciado com vistas ao suspeito, quando populares informaram às equipes que um indivíduo teria adentrado em uma casa desocupada na Rua Conde Francisco Matarazzo.

O imóvel foi averiguado, onde os policiais militares em ação rápida e eficiente localizaram o criminoso escondido no forro, dentro da caixa d’água. Na busca pessoal, foi localizada com ele a bolsa com todos os pertences que foram subtraídos da vítima.

A ocorrência foi apresentada na CPJ de Marília, onde o delegado plantonista ratificou a voz de prisão em flagrante, permanecendo o indivíduo preso à disposição da justiça. Os pertences da vítima foram restituídos integralmente.

84 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page