top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Marília receberá psicólogos, seguranças privados e professores de abordagem nas escolas estaduais


O Governo do Estado vai contemplar Marília com medidas de reforço na segurança em escolas. Confirmação nesse sentido foi feita nesta quinta-feira (13) pelas secretarias de Estado da Educação e da Segurança Pública, dentro do pacote de políticas públicas para ampliar a segurança nas escolas de São Paulo.

Entre as medidas, que deverão ser implementadas em até seis meses, estão contratação de psicólogos e seguranças privados para atuação nas escolas estaduais, com investimentos de R$ 240 milhões no Estado.

Cada psicólogo atenderá em até dez escolas por semana presencialmente, com custos de cerca de R$ 56 milhões.

Já seguranças privados serão alocados em regiões mais vulneráveis, a serem definidas pela Educação estadual, junto com a equipe do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva SP). Conforme divulgado pelo Governo do Estado, a definição dos locais ainda depende de um mapeamento que deve ser realizado nas próximas semanas.

MAIS PROFESSORES

Foi anunciada ainda no pacote, a contratação de cinco mil professores (um por escola) com jornada de 10h semanais exclusivas para disseminar ações do programa em suas escolas, no Programa Conviva.

Os docentes de convivência farão a primeira abordagem aos alunos, com um olhar para o acolhimento e a saúde mental. Além disso, os psicólogos darão uma assistência especializada, auxiliando os professores e alunos com todo o suporte necessário.

A Secretaria da Segurança Pública pretende criar um botão de acionamento prioritário para escolas e vai intensificar o policiamento nas unidades, aumentando as vagas da Dejem Escolar e contratando policiais aposentados para coordenar o programa Segurança Escolar.




106 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page