Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Marília tem 23 mortes pela Covid em 48h, total de óbitos passa de 400


Boletim da Prefeitura nesta quarta-feira (14), aponta mais 11 mortes pela Covid, nesta quinta-feira (15). Em 48h, são 23 óbitos. Total de mortes sobe para 401. Casos positivos de coronavírus passam de 20 mil e UTIs seguem lotadas.


CORONAVÍRUS – BOLETIM - ÓBITOS COVID-19 A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, confirmou na manhã desta quinta-feira, dia 15 de abril, mais 11 mortes por Covid-19, chegando a 401 óbitos pela doença no município. O primeiro óbito é de uma mulher, de 66 anos, com diagnóstico de hipertensão arterial, segundo notificação realizada pela UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Norte. Ela iniciou sintomas no dia 31 de março, fez exame para Covid com resultado positivo e deu entrada na UPA Norte no dia 8 de abril, indo a óbito no dia 13 (terça-feira). O segundo óbito é de um homem, de 64 anos, com diagnóstico de diabetes mellitus, doença cardiovascular crônica e hipotireoidismo, de acordo com notificação hospitalar. Ele começou a ter sintomas no dia 27 de março e realizou exame para Covid com resultado positivo, sendo internado no hospital ABHU (Associação Beneficente Hospital Universitário) no dia 6 de abril, indo a óbito nesta quinta-feira, dia 15. O terceiro óbito é de um homem, de 80 anos, com diagnóstico de Alzheimer, conforme notificação do hospital. Ele teve início de sintomas no dia 1º de abril e fez exame para Covid com resultado positivo, sendo internado no hospital ABHU, indo a óbito nesta quinta-feira, dia 15. O quarto óbito é de uma mulher, de 45 anos, com diagnóstico de imunodeficiência/imunodepressão, doença cardiovascular e obesidade, segundo notificação realizada pelo hospital. Ela iniciou sintomas no dia 2 de abril, fez exame para Covid com resultado positivo e foi internada no dia 10 no hospital Santa Casa, indo a óbito na última segunda-feira, dia 12. O quinto óbito é de uma mulher, de 73 anos, com diagnóstico de obesidade e hipertensão arterial, de acordo com notificação da UPA Norte. Ela começou a ter sintomas no dia 5 de abril e deu entrada na UPA Norte no dia 6, indo a óbito no último sábado, dia 10. O sexto óbito é de um homem, de 72 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular, segundo notificação hospitalar. Ele teve início de sintomas no dia 6 de abril, realizou exame para Covid com resultado positivo e foi internado no hospital Santa Casa no dia 8, indo a óbito na quarta-feira, dia 14. O sétimo óbito é de um homem, de 59 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular, diabetes mellitus e doença renal crônica. Ele iniciou sintomas no dia 20 de março, fez exame para Covid com resultado positivo e foi internado no hospital Santa Casa no dia 27, indo a óbito nesta quinta-feira, dia 15 de abril. O oitavo óbito é de um homem, de 73 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular e IAM (Infarto Agudo do Miocárdio), de acordo com notificação hospitalar. Ela começou a ter sintomas no dia 25 de março, realizou exame para Covid com resultado positivo e foi internado no hospital Santa Casa no dia 4 de abril, indo a óbito nesta quinta-feira, dia 15. O nono óbito é de uma mulher, de 64 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular, diabetes mellitus e doença renal crônica, conforme notificação do hospital. Ela teve início de sintomas no dia 28 de março, realizou exame para Covid com resultado positivo e foi internada no hospital Santa Casa no dia 30, indo a óbito na quarta-feira, dia 14 de abril. O décimo óbito é de uma mulher, de 56 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular, segundo notificação hospitalar. Ela começou a ter sintomas no dia 30 de março, realizou exame para Covid com resultado positivo e foi internada no HC (Hospital de Clínicas) no dia 7 de abril, indo a óbito no último sábado, dia 10, sendo que o hospital só informou o óbito na data de hoje (15). E o 11º óbito é de um homem, de 75 anos, com diagnóstico de doença cardiovascular, diabetes mellitus, doença renal crônica, outra pneumopatia e hipertensão arterial, de acordo com notificação hospitalar. Ele teve início de sintomas no dia 24 de março, fez exame para Covid com resultado positivo e foi internado no HC dia 7 de abril, indo a óbito no último dia 10 (sábado), sendo que o hospital só informou o óbito na data de hoje. A Secretaria Municipal da Saúde lamenta a perda de mais 11 vidas e se solidariza com os familiares, além de reforçar o alerta de cuidados com os idosos e portadores de doenças crônicas que, preferencialmente, devem ficar em casa durante esse período de pandemia.

Diretoria de Divulgação e Comunicação Prefeitura de Marília



297 visualizações0 comentário