Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Marilienses representam Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Preparação em parceria com a Unimar


A preparação dos paratletas se deu em parceria com o curso de

Educação Física da Unimar

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio começam no dia 24 de agosto e dois representantes marilienses já estão na capital japonesa. Daniel Martins e Gustavo Dias estão em concentração, dando continuidade na preparação que, ao longo do ano, foi realizada na Clínica de Fisioterapia e Laboratório de Avaliação Física e Práticas Esportivas (LAFIPE) da Universidade de Marília (Unimar) e na Associação Mariliense de Esportes Inclusivos (AMEI).

De acordo com a coordenadora do curso de Educação Física e treinadora dos paratletas, Júlia Durigan, os paratletas marilienses treinaram muito e estão super preparados para conquistar mais um título. “Os dois focaram na preparação e, mesmo no período pandêmico, não pararam de treinar. Este ano, após firmarmos parceria com a Unimar, os treinos passaram a ser nos espaços da Universidade que conta com uma estrutura de qualidade, academia e pista de atletismo, que deu o suporte para a melhora do desempenho dos atletas. Além disso, ambos contraíram Covid, superaram a doença e continuaram treinando, por isso, são merecedores desta vaga que conquistaram”, destaca.

Daniel Martins é recordista na prova de 400 metros e conquistou o ouro nas Paralimpíadas do Rio, em 2016, além de ser tricampeão mundial, campeão Parapanamericano e recordista mundial da prova dos 400 metros rasos, classe T20.

Pela primeira vez representando o Brasil nos Jogos Paralímpicos, Gustavo Dias é o atual bicampeão mundial juvenil da prova dos 400 metros rasos, classe T20, e, além desta prova, irá competir no salto em distância.

Ainda segundo a coordenadora, os dois seguem treinando, mas de forma mais leve. “Daniel e Gustavo estão em fase de ambientação. Neste período, eles treinam de manhã o desempenho técnico e a tarde o treinamento físico, diminuindo a sobrecarga. Eles estão prontos para conquistarem a medalha, mas se não vier também não tem problema, eu já sinto um orgulho imenso por eles estarem representando nosso país. Boa sorte meninos!”, destaca.

Também representando o Brasil, a mariliense Alana Maldonado participará da segunda edição dos Jogos Paralímpicos e vai em busca da medalha de ouro no Judô. A egressa do curso de Educação Física da Unimar, é deficiente visual e, atualmente, número 1 do ranking mundial na categoria peso médio.

A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, deseja sorte para nossos representantes. “Aproveitamos esta oportunidade para desejar muito sucesso para nossos atletas. É uma honra ver nossa cidade representada. A Unimar tem muito orgulho da parceria com a Amei, importante instituição da nossa cidade. Viva nossos atletas, que desde já são vencedores e inspiração para todos nós!”, ressalta.

45 visualizações0 comentário