Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

MEIO AMBIENTE: Vereador Nardi alerta para a necessidade de programas práticos de sustentabilidade


O vereador Luiz Eduardo Nardi (Podemos) reabriu na Câmara Municipal debates sobre a necessidade da prática da coleta seletiva de lixo em Marília e implantação de uma usina de reciclagem de materiais inservíveis.

"Esse tema, sustentabilidade, está cada vez mais presente e necessário no dia a dia da população. Quanto à coleta seletiva de lixo, é preciso implantar essa prática com mais eficiência nas escolas, principalmente, e nas entidades ligadas à comunidade, além de campanhas de orientação e estímulo".

Sobre a usina de reciclagem, Nardi lembrou que existe uma proposta em torno de um consórcio regional e até projeto para instalação desse importante equipamento. "Há alternativas, já houve muitas discussões desta natureza, mas é, preciso que pelo menos uma das propostas seja colocada em prática com o envolvimento direto da Prefeitura, outros órgãos e segmentos da comunidade com a maior brevidade possível". Tudo centralizado na premissa que o resíduo de um setor, após coletado e processado, pode ser a matéria prima para outro setor industrial, por exemplo. "Ações benéficas para o meio ambiente, impacto social e economia", resumiu. "Só com praticamente o fim do transbordo do lixo, Marília teria uma economia, hoje, de cerca de R$ 13 milhões por ano", observou.

O vereador ressaltou que algumas experiências, como a Cotracil (Cooperativa de Catadores) e outras já foram implantadas. "Estão aí, funcionando, mas a cidade cresceu e continua crescendo e essas matérias precisam evoluir, pois o devido destino e aproveitamento do lixo reciclável representa saúde, renda para famílias e melhor qualidade de vida para todos".

108 visualizações0 comentário