top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Moça que matou o pai a facada na região é solta pelo TJ. Alegou que ele abusava da neta, de 8 anos


Uma moça de 23 anos que matou o pai de 59 anos a facada jovem de 23 anos em Pirajuí (90 quilômetros de Marília), no último dia 21 de setembro, foi solta pelo Tribunal de Justiça do Estado e vai ficar em liberdade até o julgamento.

No mesmo dia, horas depois do crime, a jovem compareceu à delegacia da cidade acompanhada de um advogado, confessou o crime e foi presa. Após passar por exame de corpo de delito, ela foi encaminhada para a cadeia de Avaí. Na confissão à polícia, a mulher disse que discutiu com o pai após suspeitar que ele estava abusando da filha dela, neta da vítima, de 8 anos. A jovem disse que o crime aconteceu após ela ficar sabendo dos abusos praticados pelo pai. Em seu despacho, o relator Francisco Bruno, da 10ª Câmara de direito Criminal do Tribunal de Justiça, acatou os argumentos da defesa de que a mulher é ré primária, possui bons antecedentes, residência fixa e atividade lícita, além de cuidar da filha menor de idade. A decisão também destaca a intenção da suspeita em colaborar com as investigações e impõe a proibição de se ausentar de sua residência a não ser em caso de urgência.




39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page