top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Moradores do Distrito de Avencas vivem transtorno com transporte escolar


Moradores do Distrito de Avencas reclamam de transtornos com a falta de transporte escolar para as escolas Professor Amilcare Mattei, no Bairro Cascata, na Zona Oeste e Professor Baltazar de Godóy Moreira, na Vila São Miguel, em Marília.

Pais e responsáveis alegam que a Diretoria Estadual de Ensino, após o retorno das aulas em agosto, suspendeu o transporte escolar para as referidas escolas.

A Diretoria de Ensino autorizou, segundo os pais, apenas o transporte escolar até a Escola Professor Sebastião Mônaco, no Jardim Fontanelli, na Zona Oeste de Marília.

"Isso é um absurdo! Os alunos têm direito de estudar onde estam nas aulas presenciais no início desse ano. Se o ônibus leva para umas escolas, deveria levar para todas, porque o transporte é do Governo", disse Yara, mãe de uma aluna que estudava no Baltazar.

Os pais propuseram que os alunos fossem transportados de ônibus escolar do Estado até a escola Sebastião Mônaco e de lá pagariam vans para levá-los até o Amilcerei ou Baltazar, mas a proosta também não foi aceita. "Eles não deixam os alunos nem entrar no ônibus. Só entram se for para e escola Mônaco", reclamam os responsáveis.

O JP encaminhou demanda para a assessoria de imprensa da secretaria de Estado da Educação, mas ainda não obteve retorno.






198 visualizações0 comentário

Hozzászólások


bottom of page