Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Moradores reclamam de fiações penduradas em postes e soltas por calçadas, em Marília


Emaranhado de fios espalhados por calçada no Núcleo Helena Bernardes, na Zona Sul de Marília


Fiações de operadoras de tv a cabo, internet e telefonia penduradas em postes e espalhadas por calçadas a até parte de vias públicas têm sido vistas com frequência em Marília, especialmente na periferia.

Isso causa riscos de sérios acidentes. "São fios que ficam em contato até com redes eletrificadas. Vivemos esse problema por mais de uma semana e tive que ligar e várias operadoras, até que a Vivo mandou uma equipe aqui para resolver o problema. Um alivio, principalmente por causa das crianças que brincam perto desses fios", disse Patrícia Helena, moradora na Rua Laudelino Gonçalves de Andrade, no Núcleo Helena Bernardes, na Zona Sul de Marília.

MULTAS

Em algumas cidades, como Piracicaba, Uma lei que prevê multa para empresas que deixarem fios soltos ou inutilizados em postes. O valor pode chegar a R$ 1 mil para cada ocorrência que for flagrada. A fiscalização é feita pela prefeitura.

O projeto de lei foi aprovado pela Câmara daquela cidade. Com a lei, empresas que trabalham com cabeamento aéreo, como de telefonia e internet, não podem deixar fios soltos que sobram das instalações em postes. Os moradores que quiserem denunciar o excesso de fios e equipamentos nos postes devem ligar para o Serviço de Informação ao Cidadão. A Secretaria Municipal de Obras é a responsável pela fiscalização e aplicação de penalidades. A empresa que for multada tem até 30 dias para recorrer.


62 visualizações0 comentário