Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Morre o advogado e ex-vereador, Nadir de Campos, 87 anos

Atualizado: Mai 12


Faleceu no início da noite desta terça-feira (11), o advogado e ex-vereador , Nadir de Campos, aos 87 anos. Natural de Itirapina, exerceu aos 18 anos o cargo de vereador erm Bauru (Legislatura 1963/64).

Depois, mudou-se para Marília, em 1969, onde formou-se em direito na primeira turma da Fundação de Ensino e foi eleito vereador por três mandatos (entre 1977 a 1996), presidente da Câmara e secretário municipal da Administração no governo de Domingos Alcalde. Deixa esposa e sete filhos, netos e bisnetos.


“Combativo, íntegro, que com suas atitudes transparentes, puderam contribuir para um parlamento forte”, afirmou Marcos Rezende


“Em nome do Poder Legislativo de Marília externamos as nossas condolências à família do doutor Nadir de Campos, externando todo o nosso sentimento pela perda de uma personagem tão importante na vida política da nossa cidade. Ex-vereador, ex-presidente da Câmara Municipal, combativo, íntegro, correto e que com as suas atitudes, sempre transparentes, puderam contribuir decisivamente para que pudéssemos ter um parlamento cada vez mais forte, mais representativo. Então, fica as nossas condolências em nome da Câmara Municipal e em nome do povo de Marília, externando todo o nosso sentimento, todo nosso luto”, observou o presidente do Poder Legislativo e vereador Marcos Rezende (PSD).

Em entrevista à Imprensa de Marília no ano passado (concedida ao semanário Jornal Cidade), o filho do advogado e ex-presidente da Câmara, Nadir de Campos Filho, que é procurador de Justiça de São Paulo, ressaltou que seu pai era uma pessoa de referência em todos os bairros da cidade. “Nadir de Campos, homem de referência em todos os rincões de Marília. Se elegeu vereador aos 18 anos representando os interesses dos ferroviários da Companhia Paulista de Estradas de Ferro do Estado, a Fepasa. Formou-se em Desenho Técnico e mudou-se para Marília em 1969”, informou.

O ex-vereador de Marília e de Bauru se formou em Direito na primeira turma da Fundação Eurípides Soares da Rocha (atual Centro Universitário Eurípides de Marília, Univem). Seu primeiro mandato como parlamentar municipal em Marília foi na 9ª Legislatura, de 1973 a 1977. Exerceria ainda outros dois: na 11ª Legislatura, de 1983 a 1988, e na 13ª, de 1993 a 1996. Em 1994 se elegeu presidente da Câmara Municipal de Marília. Deixa oito filhos, 18 netos e 3 bisnetos. Sua perda comoveu toda a cidade.




611 visualizações0 comentário