Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Motorista de aplicativo é preso por molestar mulheres, na região. Mudava trajetos para rua deserta


A Polícia Civil efetuou a detenção de um motorista de aplicativo em Botucatu, acusado de importunar sexualmente algumas passageiras. Ele mudava rotas das corridas ia para uma rua deserta.

Conforme registro de um Boletim de Ocorrências, no final da noite, o suspeito contrariou a manifestação de uma passageira e pegou um rota oposta à casa da mulher e diferente da que indicava o GPS. A mulher estava acompanhada do filho de 7 anos.

De acordo com a passageira, ela estava com a criança na casa de um parente e pediu o serviço de transporte por aplicativo para voltar à sua casa.

Mas de repente, durante o trajeto, o motorista saiu da rota proposta e pegou um caminho diferente, mesmo com o protesto da vítima.

O suspeito entrou no bairro Flora Rica e parou o carro em uma rua deserta próximo ao local em que ocorrem as provas práticas para tirar carteira de habilitação.

O motorista e a passageira discutiram e ela simulou que estava conversando com o marido, relatando o que estava acontecendo. Com isso, o suspeito dirigiu para a casa da vítima e deixou ela e o filho no local.

Logo depois de relatar o episódio que vivenciou nas redes sociais, a passageira descobriu que outras mulheres também foram assediadas pelo mesmo homem.

Duas mulheres que pegaram uma corrida com o suspeito estiveram na delegacia e também denunciaram o motorista. Uma delas reconheceu o homem.

O motorista foi preso em flagrante e levado para a cadeia de Itatinga, onde ficará detido até que seja realizada a audiência de custódia.




57 visualizações0 comentário