top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Motorista que causou acidente com cinco mortes na BR-153 é solto pela Justiça


Mariliense estava no Fiat Uno (à esquerda) e outras quatro vítimas fatais, da mesma família,

no Ônix (à direita)

O motorista José Baldoíno de Rezende, de 74 anos, que conduzia o caminhão VW baú, ano 2006, placas de Patrocínio (MG), que provocou o grave acidente com cinco mortos e três feridos na BR-153, próximo a Campos Novos Paulista, no início da tarde desta segunda-feira (21), teve prisão preventiva decretada na segunda-feira (21) pelo delegado plantonista João Fernando Pauka Rodrigues, da CPJ, em Marília, onde a ocorrência foi registrada.

Ele foi recolhido na Cadeia de Lutécia (51 quilômetros de Marília). Nesta terça-feira (22), a juíza Luciana Ros de Oliveira, do Fórum de Palmital, determinou a soltura do motorista após audiência de custódia.

As circunstâncias do acidente indicaram que Baldoíno foi impudente ao trafegar a 100 km/h no trecho onde a velocidade máxima permitida é de 80 km/h e havia funcionário da Concessionária Triunfo sinalizando para redução de velocidade em função de obras no trecho.

O próprio delegado citou no Boletim de Ocorrência que ele era um motorista experiente e portanto tinha conhecimento dos riscos ao trafegar acima da velocidade em um trecho em obras.

O funcionário relatou que Baldoíno o cumprimentou e em seguida ultrapassou uma carreta Volvo. na sequência, colidiu violentamente contra a traseira de um veículo Fiat Uno, placas de Oriente, conduzido pelo mariliense Luis Gustavo Castro, de 38 anos, que morreu. Um ambulante que vendia doces no local (onde formava filas) também foi atingido.

Outros três veículos foram impactados no acidente. Baldoíno alegou falha nos freios, mas policiais constataram que o caminhão estava em perfeitas condições. O motorista sofreu ferimentos leves e foi conduzido à Santa Casa de Ourinhos.

Três vítimas do acidente estavam no carro onde morreram quatro da mesma família:

idosos vinham para consulta médica em Marília

Quatro vítimas fatais eram da mesma família, que estavam em um veículo Chevrolet Ônix, ano 2018, placas de Ipaussu, próximo ao local do acidente. Morreram Vilma Aparecida Bacochina Carrara, 62 anos, João Bacochina, 82 anos, Adelina Bacochina, 82 anos e Pedro Paulo Carrara, 66 anos, esposo de Vilma. Poliana Bacochina Carrara, de 34 anos, que também estava no veículo sofreu ferimentos graves e foi internada na Santa Casa de Ourinhos.


Luis Gustavo, o Gustavinho, de 38 anos, será sepultado ontem, em Marília. Ele deixa esposa grávida




185 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page