Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

MP recebe denúncia e aciona ONG Spaddes para atendimento a cachorro abandonado na Zona Sul


Após uma denúncia anônima, o Ministério Público de Marília, acionou a ONG Spaddes, para averiguar na tarde desta segunda-feira (10), o caso de um cachorro de porte médio em situação de maus-tratos. O animal estava na Rua México, Jardim Esplanada, Zona Sul de Marília.

Após o acionamento do MP, representantes da ONG foram até o local com a equipe veterinária. Chegando no local, o animal foi visto deitado sobre uma calçada, todo debilitado, magro, com tumor em uma das patas e com uma pata quebrada.

Uma mulher disse que o animal era de seu marido, o qual não se encontrava na residência no momento da ocorrência. A Polícia Militar foi acionada para apoio. O animal foi recolhido e passa por exames, já que foi constatado o crime de maus-tratos. O caso foi apresentado ao delegado plantonista na CPJ. Ninguém foi preso.

"Fico indignado por que ainda teve um vizinho que chegou e falou, se quiser eu fico como testemunha de vocês, porque eu sei que vocês cuidam e alimentam. As pessoas de hoje em dia acham, ou não tem conhecimento de lei, que crime de maus-tratos não é só por conta de alimentação, mas também não prestar assistência veterinária para o animal, o também configura esse tipo de crime de, como deixar o animal a mercê da própria sorte. Muitos podem enfrentar até cadeia por que não tem conhecimento de lei", afirmou ao JP o Gabriel Fernando, diretor da ONG Spaddes.


342 visualizações0 comentário