Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

MUDANÇAS NO IPREMM: Servidores municipais fazem live, passeada e mobilização na Câmara


Servidores municipais de Marília devem fazer uma grande mobilização nesta quarta-feira, visando sensibilizar e pressionar os vereadores para que rejeitem o projeto que implanta a Reforma da Previdência aos funcionários públicos.

Sindimmar (Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos Municipais de Marília) programou uma passeata, a partir das 17h, saindo da sede do sindicato, na avenida Pedro de Toledo, 936, com destino à sede do Legislativo, onde vai acontecer a audiência pública para discutir o tema.

A reunião está prevista para 18h e deverá contar com a presença de grande número de servidores, na área interna e externa da Casa de Leis.

Presidente do Sindimmar, José Paulino, destacou que a categoria vem se mobilizando há vários dias, tendo inclusive um abaixo-assinado com cerca de mil assinaturas, pedindo a não aprovação do projeto.

Além disso, a entidade sindical promoveu ainda duas lives com os advogados Thiago Albuquerque Rodrigues e Letícia Vieira Mattos, para esclarecer os impactos da reforma na vida dos funcionários. “É um momento crítico, em que estamos sem reajuste salarial e de benefícios devido a pandemia de covid-19 e a reforma prevê um reajuste no pagamento da alíquota, que vai passar de 11% para 14%. Vai massacrar os trabalhadores”, destacou Paulino.

Rodrigues destacou em sua live, realizada ontem pelo Facebook e Youbute, que a conta pelas mudanças que visam salvar o Ipremm (Instituto de Previdência do Município de Marília) não pode ficar somente com os servidores. “É preciso encontrar um caminho para minimizar esse impacto causado aos trabalhadores. Reduzir o número de cargos comissionados seria uma das medidas que podem ajudar”, mencionou o especialista.



80 visualizações0 comentário