Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Mulher acusada de atear fogo no irmão é presa pela PM. Vítima está em estado gravíssimo


Uma mulher acusada de atear fogo no próprio irmão foi conduzida à CPJ e segue investigada por tentativa de homicídio na CPJ em Marília, após ser presa pela Policia Militar nesta terça-feira (10), por volta das 19h, em Garça. Ela é acusada de tentativa de homicídio.

Após receber o chamado para socorro de uma pessoa em chamas em uma residência no Jardim Nova Garça, uma equipe da PM dirigiu-se rapidamente ao local dos fatos, onde a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros já realizava os primeiros socorros a um homem com queimaduras de 2º e 3º graus.

A irmã da vítima estava presente e declarou aos policiais militares que teria ouvido o irmão dizer que iria se matar. Mas, na UPA, o homem afirmou que foi sua irmã quem teria ateado fogo nele.

Foi dada voz de prisão à mulher e conduzida a CPJ de Marília, onde foi registrada a ocorrência. O estado de saúde da vítima era gravíssimo e precisou ser entubada.





113 visualizações0 comentário