Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Mulher de 28 anos que pilotava retroescavadeira morre soterrada, na região


Foi sepultada na tarde de sábado (28), em Botucatu, o corpo da jovem Luana Cristina Moraes Gonçalves, de 28 anos residente em Botucatu, morreu após ser soterrada enquanto operava uma máquina escavadeira, na zona rural de Anhembi (35 quilômetros de Botucatu).

O caso aconteceu numa empresa de mineração que fica localizada no quilômetro 223 da Rodovia Marechal Rondon (SP-300).

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado como morte acidental, a vítima conduzia uma escavadeira no seu local de trabalho, quando a máquina apresentou problemas. Luana teria saído da cabine para realizar a manutenção no motor e, neste momento, um paredão de terra desabou sobre ela, soterrando a vítima e a máquina escavadeira. As pessoas que estavam no local tentaram socorrê-la, mas quando foi resgatada Luana já estava sem vida. Moradora de Botucatu, Luana deixa o marido e uma filha de 11 anos.



143 visualizações0 comentário