top of page
Buscar
  • Passando a Régua

Mulher morre estrangulada pelo companheiro e açougueiro mata pai com facada no coração, em Ourinhos


Priscila e Nelson foram assassinados em Ourinhos (Fotos: reprodução Passando a Régua)

Uma mulher de 35 anos foi assassinada, na tarde deste domingo, 22, pelo companheiro, em uma casa, no condomínio residencial, Riviera, na Rua José Justino de Carvalho, 1977, no Jardim Matilde, em Ourinhos. De acordo com informações preliminares, o homem estrangulou Priscila Moreira Lopes de Oliveira, que seria funcionária de uma loja de confecções e departamentos no Ourinhos Plaza Shopping de Ourinhos.

O próprio agressor teria chamado a Polícia e se entregado, ele foi preso e apresentado na CPJ de Ourinhos, onde o fato é registrado, na noite de hoje (22). Ele é mesmo homem que ameaçou a se jogar da passarela, na rodovia Raposo Tavares (SP-270), na Vila Boa Esperança. Ele declarou que ela pensava em separação e não deixou ele ver mensagens no celular dela.

O corpo de Priscila foi retirado pela funerária e deverá passar por exame necroscópico. O caso será investigado. O homem teria estrangulado a mulher, mas a morte teria ocorrido devido ao trauma com a mulher sofreu ao cair e bater a cabeça em móvel.

Priscila é natural de São Paulo (SP) e sua família seria da Grande São Paulo (Foto: Reprodução. O crime acontece menos de 24h depois do filho ter matado o pai em Ourinhos.

AÇOUGUEIRO MATA O PAI COM FACADA NO CORAÇÃO

Um açougueiro de 27 anos foi preso, acusado de matar o próprio pai, de 52 anos, no começo da noite deste sábado, 21, em Ourinhos. O fato aconteceu, às 17h13, na Rua Paulo Amaral Santos, no Jardim Paris e foi registrado no plantão da CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Ourinhos.

De acordo com informações, pai e filho entraram em luta corporal, o filho, Willian Sergio Messias Luiz, chegou a ser golpeado também no rosto com um facão, mas acabou acertando o pai, Nelson Luiz, com dois golpes de faca, um fatal no coração.

De acordo com o registro policial, quando chegaram no local, os policiais foram recebidos pela amasia de Willian, que contou que o açougueiro havia esfaqueado o próprio pai, o senhor Nelson, no interior da casa, no chão da cozinha, onde ele foi encontrado, com duas perfurações, uma na região do abdômen e outra no peito, ao seu lado se encontrava o Willian, com o ferimento no rosto, chorando e tentando fazer uma respiração cardiopulmonar, momento que foi acionado o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), comparecendo um médico, que constatou o óbito, por volta das 17h50.

Willian foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), para cuidar dos ferimentos e depois foi levado à CPJ, onde foi atuado em flagrante e encaminhado à cadeia pública de São Pedro do Turvo.


68 visualizações0 comentário

Hozzászólások


bottom of page