Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Núcleo de Apoio Fiscal da Unimar ajuda contribuintes para preenchimento da Declaração do I.R


Contribuinte, não deixe para a última hora! Este ano, a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) deve ser entregue até o dia 30 de abril e quem é obrigado a declarar e não o fizer, multa! Para não correr riscos, adiante a entrega para a Receita Federal com a ajuda dos acadêmicos dos cursos de Ciências Contábeis e Administração da Universidade de Marília (Unimar), que atuam no Núcleo de Apoio Fiscal (NAF).

De acordo com a coordenadora dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, a docente Ana Cláudia Rossetto, o Núcleo tem como objetivo auxiliar a população em variados assuntos relacionados à Receita Federal e empreendedorismo. “O NAF presta diversos serviços à população como, por exemplo, orientação e preenchimento do imposto de renda Pessoa Física de contribuintes com rendimento até 60 mil no ano, pessoas que não precisam declarar e tiveram impostos retidos na fonte, regularização de CPF, orientação e consultoria para MEIs”, explica.

Este ano, assim como no ano passado, o imposto de renda deverá ser declarado por contribuintes que receberam R$ 28.559,70, uma média de R $2.379,98 por mês, e pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados, com valor superior a R$ 40 mil, além das pessoas isentas que receberam no ano valor abaixo do estipulado, mas que tiveram valores retidos na fonte. O contribuinte que perder o prazo pagará multa com valor mínimo de R$ 165,74 até o valor máximo de 20% do imposto devido.

Devido à pandemia, este ano, o atendimento não será presencial. O contribuinte que for utilizar os serviços do NAF Unimar para fazer a Declaração do IRPF, deverá entregar a cópia da documentação no prédio do Núcleo, das 17h às 19h, de segunda a sexta-feira, com telefone e e-mail para futuro contato dos alunos, quando a declaração estiver pronta ou caso falte alguma comprovação.

Ainda segundo a coordenadora, o NAF também tem um papel importante para o ensino e integração do profissional com a comunidade. “Importantíssimo, primeiro de tudo, é aprender. Os acadêmicos estão atuando ao lado da Receita Federal, compreendendo o que realmente o órgão espera dos contadores e administradores. Segundo ponto, é a disseminação da educação fiscal, e por fim, o contato direto com a comunidade e a oportunidade de troca e auxílio a pessoas hipossuficientes. Isso é fantástico” declara.

Para a acadêmica do curso de Ciências Contábeis, Maria Regina Barreto, o estágio está contribuindo com seu processo de aprendizagem. “Estou auxiliando a população com o preenchimento do imposto de renda. O que no começo eu via como um ‘bicho de sete cabeças’, agora, na prática, eu vejo que não é bem assim e que, na verdade, eu estou preparada para auxiliar aqueles que precisam, o que é muito gratificante. É um conhecimento que sempre desejei obter e, acredito, que após terminar este processo na Universidade vou conseguir conquistar objetivos ainda maiores”, declara.

Uma das contribuintes atendidas pelo NAF, a oficial administrativa da Secretaria de Saúde do estado de São Paulo, Débora Regina da Silva Garcia, conta com o auxílio do Núcleo há três anos para o preenchimento da Declaração. “Estou no meu terceiro ano consecutivo de atendimento e sempre fui muito bem atendida. A equipe sana todas as minhas dúvidas e realiza o serviço com maestria, precisão e clareza. O serviço é nota 10!”, ressalta.

O Núcleo de Apoio Fiscal está instalado no Bloco 02 da Universidade de Marília, localizado na Avenida Hygino Muzzy Filho, 1001, com atendimentos de segunda a sexta-feira, das 17h às 19h. Mais informações pelo e-mail nafunimar@gmail.com ou www.unimar.br

41 visualizações0 comentário