top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

NA MIRA DA CASSAÇÃO: Auditores Fiscais também detonam o crápula deputado Mamãe Falei


Arthur do Val, conhecido como 'Mamãe Falei vai enfrentar processo de cassação

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de São Paulo repudiou as declarações feitas pelo deputado Arthur do Val, em matéria veiculada na Folha, sob o título “Arthur do Val decide se afastar do MBL". Na avaliação dos sindicalistas, na reportagem, o deputado ataca a categoria para tentar dissipar as críticas que vem sofrendo por suas declarações sobre as mulheres da Ucrânia. O sindicado que representa que representa cerca de 6 mil Auditores Fiscais em todo o Estado de São Paulo disse que une à opinião pública e pediu a cassação do deputado. Na avaliação deles, ele se especializou em espalhar desinformação e discurso de ódio nas redes. Veja a nota de Repúdio, enviada ao blog de Jamildo O Sinafresp (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de São Paulo), entidade sindical que representa cerca de 6 mil Auditores Fiscais em todo o Estado de São Paulo, vem a público repudiar veementemente as declarações do deputado Arthur do Val, em matéria veiculada nesta terça-feira no Jornal Folha de S.Paulo, sob o título “Arthur do Val decide se afastar do MBL, se diz chateado com Moro e vê cassação como exagero”.

Para fugir à responsabilidade de suas declarações repugnantes sobre as mulheres ucranianas, que lhe renderam execração pública nacional e internacional, o deputado faz ataques à categoria dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de São Paulo.

O deputado se vangloria de ter barrado reivindicação legítima de reajuste da categoria na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, como se tal posicionamento lhe rendesse qualquer voto de superioridade moral ou alinhamento ao interesse público.

O deputado, acusado também de assediar estudantes secundaristas no Estado do Paraná, não representa o interesse público e não passa de um agitador de falanges de internet, especializado em difusão de desinformação e discurso de ódio.

A categoria, que o deputado agora usa para tentar fugir às consequências de suas práticas reprováveis, acumula grande perda real em seus vencimentos desde 2011, de tal modo que hoje seria necessário um reajuste de 56% nos salários para se chegar ao mesmo valor real daquele ano.

Os Auditores Fiscais do Estado de São Paulo, ao contrário do deputado, desempenham papel público relevante, e têm atuação central na arrecadação dos recursos que são usados nas políticas públicas do Estado de São Paulo, seja por meio da cobrança de impostos, no combate à sonegação fiscal e na garantia do bom funcionamento do sistema tributário do Estado.

Diante dos ataques infames, o Sinafresp se alinha à opinião pública e a todas as entidades que pedem neste momento a cassação do deputado Arthur do Val. Os contribuintes merecem que seus impostos sejam gastos com políticos que trabalham pelo bem comum e não com um arruaceiro que não tem a compostura para ocupar cargo de representação.

626 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page