top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

NOVO HOSPITAL: Obra começa e vereador Danilo destaca momento histórico para a saúde


Tiveram início as obras do novo Hospital da Mulher e da Criança, que com estrutura moderna vai substituir o antigo Hospital Materno Infantil, no atendimento da população de Marília e região. O vereador Danilo da Saúde (PSB), destaca que o momento é histórico. Para ele, o início da construção é um sonho que está se tornando realidade.

“É uma alegria, uma felicidade enorme. Esse hospital está saindo do papel após um ano e meio de trabalho da doutora Paloma [Libanio, superintendente do HC-Famema] e sua equipe, e do deputado estadual Vinicius Camarinha que conquistou os recursos necessários junto ao governador Rodrigo Garcia. Termos um mariliense como líder do governador na Assembleia Legislativa, que têm nos ajudado muito. Com o trabalho do Vinicius, garantimos vários investimentos não só para o HC, mas para todos os hospitais”, destacou o vereador.

"Somos muito gratos ao governador Rodrigo Garcia, que escolheu como líder de governo o Vinícius Camarinha, que colocou nossa cidade na rota dos investimentos do Estado, atendendo nossas mais diversas necessidades, principalmente na saúde”, concluiu Danilo.

O novo hospital ficará ao lado do Hospital Lucy Montoro, anexo ao complexo HC. Serão cinco andares, em 13 mil metros quadrados de área construída. Contará com pronto socorro infantil, sala de aula para as crianças em internação, enfermaria, centro cirúrgico, unidades de terapia intensiva neonatal, pediátrica e adulto. A empresa que irá construir o novo hospital é Incorplan Engenharia Ltda. Valor do contrato é de R$ 57,4 milhões e prazo para conclusão das obras é de dois anos. “O antigo HMI não tinha mais estrutura para ampliação. Com o novo hospital, teremos uma unidade nova, ampla, moderna.

Os leitos passarão dos atuais 100 para 250. São cerca de 100 milhões investidos, 60 milhões nas obras e mais 40 milhões em equipamentos e mobiliários. Atendimento especializado para a mulher, à criança e para os que têm autismo, além de assistência em saúde mental.



61 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page