Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

ONG Spaddes constata mais uma denúncia de maus-tratos a animais e dona acaba presa em flagrante


Após uma denúncia anônima recebida pelo WhatsApp (14 - 98122-0565), a equipe da ONG Spaddes de Marília, juntamente com o médico veterinário Dr. Ariadno Turatti, resgatou três animais em situação de maus-tratos na Rua Santo Antônio, Bairro Aracelis, em Garça e a dona dos animais acabou presa em flagrante. Foi a terceira prisão realizada pela ONG naquela cidade.

A denúncia informava que no local teriam alguns animais em situação de maus- tratos e que não estavam recebendo os devidos cuidados da tutora. Após a chegada da equipe no local, a proprietária do imóvel e dona dos animais franqueou a entrada para os integrantes da ONG realizar a fiscalização.

No fundo do imóvel foram localizados três animais, sendo duas fêmeas e um macho, os quais estavam em meio à fezes, urina, sem água, sem alimentação, caquéticos, com sarnas pelo corpo, sem abrigo da chuva e do sol e com alguns carrapatos.

A tutora dos animais foi questionada sobre o porque os animais estarem vivendo naquelas condições. Ela afirmou que estava tratando dos animais, e que um deles teria saído recente de uma cinomose, ao ser questionada sobre os laudos médicos e sobre as medicações usada para os animais. Não soube informar e também não apresentou nemhum atestado médico e muito menos algum medicamento que segundo ela estava dando para os animais.

Mediante a situação em que os animais foram encontrados, o médico veterinário laudo o maus-tratos por negligência e pelas condições de saúde e local em que os mesmos foram encontrados.

A Policia Civil de Garça foi acionada pela ONG, onde compareceu ao local o delegado plantonista e alguns policiais, que também viram a situação dos animais.

A mulher recebeu voz de prisão pelo crime de mau- tratos e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia, onde permaneceu presa e passaria por audiência de custódia no Fórum.




46 visualizações0 comentário