Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

ONG Spaddes e PM prendem mais um por maus-tratos a animal. Cadela estava em situação deplorável

Atualizado: 24 de jul. de 2021


Na tarde desta sexta-feira (23), a ONG Spaddes (Sociedade Protetora dos Animais) de Marília, recebeu uma denúncia através do WhatsApp sobre um animal em situação de maus-tratos que estaria em um sítio na cidade de Garça (30 quilômetros de Marília).

Após a denúncia, a equipe da ONG, juntamente com a equipe médica veterinária de Garça e com o apoio da Polícia Militar ,se deslocou até o endereço indicado para averiguação. Chegando no local a equipe encontrou o animal amarrado em um bambuzal com uma corrente, caquético, com desnutrição, muito debilitado, com a calda necrosando, cheio de moscas em sua volta, com água suja e sem alimentação.

A ONG Spaddes vem desenvolvendo um ótimo trabalho de proteção a animais e combate a maus-tratos em Marília e algumas cidades da região, com apoio de voluntários e da Polícia Militar. Denúncias pelo Whats (14) 98122-0565.

O tutor do animal disse que estava tratando da cadela do seu jeito sem assistência veterinária e que não procurou ajuda. Após receber voz de prisão de um representante da ONG, foi encaminhado pela Polícia Militar para a Delegacia de Polícia de Garça, onde permaneceu à disposição da Justiça.

O animal foi recolhido, vai passar por exames, seu estado é delicado já que corre o risco de sua calda precisar ser amputada por conta da necrose. Na manhã do sábado (24), infelizmente a cachorra não resistiu e morreu.




178 visualizações0 comentário