Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

ONG Spaddes quer prisão de homem que foi filmado batendo em cachorrinha, na Zona Oeste de Marília


Trabalho da ONG teve apoio da Polícia Militar e cachorrinha foi encaminhada para abrigo


Equipe da ONG Spaddes (Proteção Animal), que desenvolve um excelente trabalho em Marília, recebeu através do WhatsApp denúncia anônima e um vídeo na qual aparece um homem dando pauladas em uma cachorrinha, que seria seu animal de estimação.

Após a denúncia, a equipe, com o apoio da médica veterinária e da Polícia Militar, se deslocou até o endereço indicado que fica na Rua Miguel Aguillar, Jardim Bandeirantes, Zona Oeste da cidade.

No local foi encontrado o proprietário do imóvel que franqueou a entrada para a equipe e para os polícias militares na residência para fiscalização.

Indagado sobre a agressão que a cachorrinha estava sofrendo, ele afirmou que realmente bateu no animal porque ela teria pegado alguns biscoitos que estavam em cima de uma mesa que seria para seus filhos comer.

No vídeo é possível ver ele com um pedaço de pau correndo atrás da cachorrinha em volta do carro, e depois ele consegue acertar algumas pauladas no animal que grita. Tudo foi filmado por testemunhas.

O homem não foi levado para CPJ porque para os polícias militares já não estava mais no momento de flagrante.

O animal foi recolhido pela ONG Spaddes e está no abrigo recebendo muito carinho e todos os cuidados necessários, pois ela está muito assustada.

"Nós entendemos que uma pessoa com esse tipo de conduta não pode viver solto em sociedade, colocando em risco a vida de outros animais e até mesmo de pessoas, porque quem faz essa crueldade com animais pode fazer com uma pessoa também. Então, por esse motivo, iremos pedir a prisão preventiva do autor, pois não podemos deixar que outros animais sejam vítimas de agressões como esta", disse Gabriel Fernando, representante da ONG Spaddes.




108 visualizações0 comentário