top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

ONG Spaddes recolhe quatro filhotes em situação de maus-tratos e reclama de atendimento na delegacia


A ONG Spaddes (Proteção Animal) de Marília, recolheu quatro filhotes de cachorros em situação de maus-tratos em uma residência localizada na Rua Prefeito Salviano de Andrade, em Garça.

Através de denúncia anônima recebida no WhatsApp a equipe foi até o local indicado para a fiscalização e encontrou o morador da residência e tutor dos animais que autorizou a entrada da equipe no imóvel.

No quintal da residência tinha quatro filhotes, sendo duas fêmeas e dois machos, sem raça definida e de pelagem preta. No quintal havia muitas fezes e os animais estavam caquéticos, aparentando desnutrição, sem alimentação adequada, sem abrigo de altas/baixas temperaturas e sem os devidos cuidados básicos.

Indagado pela equipe, o morador informou que teria adotado esses animais de um parente que seria seu tio e em seguida doou alguns cachorros para crianças que passavam na rua, sem autorização dos pais delas. No outro dia, as crianças jogaram os animais de volta na casa dele.

Após a constatação das irregularidades e da situação dos animais, a médica veterinária da empresa BG Zangrossi, que estava acompanhando a fiscalização. atestou os maus-tratos. A polícia Militar foi acionada para prestar apoio a ocorrência e para fazer a condução do homem até uma unidade da Polícia Civil na cidade de Garça.

MAU ATENDIMENTO NA DELEGACIA

Na delegacia a equipe ficou aguardando por mais de duas horas para ser atendida pela autoridade policial responsável pelo plantão. Segundo representantes da ONG, o delegado sequer viu imagens dos animais, o laudo da médica veterinária e nem falou com a equipe da ONG.

Apenas foi feito o registro do boletim de ocorrência pelo crime de maus-tratos e os animais foram depositados para a ONG Spaddes para tratamento e quando estiverem saudáveis, serão encaminhados para adoção responsável.



122 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page