top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Pai mata duas filhas, de 5 e 6 anos, a facadas em Avaré. Depois, simulou sequestro


Um homem matou as duas filhas, de 5 e 6 anos, no final desta terça-feira (24), no Bairro Santa Rita, em Avaré (região de Bauru). Ele estava mantendo as crianças reféns desde a manhã e estava ameaçando explodir o local utilizando um botijão de gás.

A polícia acredita que as meninas tenham sido mortas várias horas antes dos agentes invadirem a casa, no final da tarde. A invasão ocorreu após os policiais constatarem nenhuma movimentação das meninas dentro da casa, sendo que somente o pai das meninas se movimentava, porém não conversou com os policiais.

Segundo o Tenente Coronel PM Gonçalves, Comandante do Choque, as meninas teriam sido mortas à facadas ou vidros de uma janela quebrada, antes do início da operação, devido o estado que elas foram encontradas. “As meninas apresentaram rigidez cadavérica”. Uma das meninas foi encontrada na cama e a outra no chão do quarto.

A equipe do GATE invadiu o local após 5 horas de operação e prendeu o homem. A equipe desferiu um tiro de borracha e ele foi imobilizado. O homem foi encaminhado ao Pronto Socorro da cidade e preso.

Segundo o capitão da PM que estava no local, o homem aparentava ter sintomas de depressão e estaria desorientado. Ele chegou a se aproximar da janela da residência em alguns momentos, mas não foi possível uma negociação.

O local foi isolado devido ao perigo potencial de um grande vazamento de gás e o trânsito impedido na região durante toda a tarde, fechando as ruas próximas. Reforços policiais se deslocaram no decorrer das horas.

Informações dão conta que a mãe das meninas havia se separado do homem e que ele estava cuidando delas enquanto ela trabalhava.






281 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page