Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

PM fecha o cerco contra abusos de imprudentes e cachaceiros e autua 47 no Campus Universitário


Operação Paz e Proteção no Trânsito, desenvolvida pela PM


Equipes da Polícia Militar fecharam o cerco novamente contra abusos, algazarras e baderna de motoristas e motociclistas na região do Campus Universitário, na madrugada deste domingo (17).

Foram realizados bloqueios em diversos pontos daquela região, com fiscalização e abordagens, principalmente com foco em manobras perigosas e embriaguez ao volante.

As equipes interceptaram e checaram 107 veículos e 87 motocicletas, resultando em 47 autuações, das quais 9 por embriaguez ao volante e seis por recusa em fazer o teste do bafômetro.

Em meio à baderna, a PM flagrou e autuou ainda cinco motoristas fazendo manobras perigosas em via pública, três com som estridente nos veículos (isso próximo a hospital) e outros quatro dirigindo sem ter CNH. Durante a operação, um motorista foi conduzido à CPJ após desacatar policiais.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), embriaguez ao volante é uma infração gravíssima, cujas penalidades são multa de R$ 2.934,70 e a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

TRABALHO INTENSO DA PM

Tenente coronel PM Mário Sérgio Nonato: trabalho eficiente


Esta foi a segunda operação de trânsito da Polícia Militar na região do Campus Universitário, na Zona Oeste de Marília, em menos de um mês. O local é crítico nesse sentido devido aos abusos e imprudências de motoristas e motociclistas, sendo a maioria deles frequentadores de bares e casas noturnas localizadas naquela região da cidade.

O intenso trabalho da Polícia Militar foi motivo de elogios da comunidade, especialmente da região do Campus Universitário, da Câmara Municipal e outros segmentos, destacando o trabalho do comandante do 9° BPM/I, tenente coronel Mário Sérgio Nonato e equipe.

NOTA DA PM

Nesta madrugada de domingo, dia 17/10/2021, a Polícia Militar realizou a 2a operação policial na região do Campus Universitário de Marília. O objetivo foi atender aos inúmeros pedidos dos profissionais da saúde, que trabalham no Hospital Universitário, bem como os moradores dos imóveis do Jardim Araxá e adjacências a respeito da perturbação do sossego. Tem sido constantes às realizações de eventos com grande número de pessoas, principalmente após às 4 horas da madrugada de quinta a domingo, com o uso de som automotivo em elevado volume e a presença de dezenas de veículos com condutores embriagados além de motocicletas praticando manobras perigosas. A ação contou com os policiais do serviço rotineiro de rádio patrulha bem como da equipe de trânsito do 9o BPMI. A Polícia Militar é promotora dos Direitos Humanos e como tal tem a missão de proteger as Pessoas. A partir do momento em que as infrações de trânsito são coibidas teremos menos acidentes com vitimas, mais tempo de patrulhamento voltado para a prevenção criminal e menos gastos para os hospitais com os acidentados.



266 visualizações0 comentário