top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Polícia Civil identifica rapaz morto após ser acusado de furto, contido e amarrado por moradores


A Polícia Científica identificou, através de impressões digitais, o rapaz que morreu na madrugada da quarta-feira (24), no Parque dos Ipês, na zona sul de Marília, após ser contido por moradores , um deles vítima de tentativa de furto pela vítima. O nome do rapaz é Ian Marlon Pires Corbes, de 25 anos, natural de Pompeia.

O delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Marília, Luis Marcelo Perpétuo Sampaio, disse ao JORNAL DO POVO que foi instaurado inquérito sobre o caso. "Vamos aguardar os laudos médicos e exames toxicológicos para dar sequência às investigações". O caso deve ser conduzido pelo delegado Edner Rogério Ferreira

Delegado titular da DIG, dr. Luis Marcelo

O CASO

Conforme a ocorrência, em relatos nebulosos, a vítima, apontada como usuária de drogas ("nóia"), tentou furtar uma casa, na Rua Professora Eoys Black Vieir Alves, mas foi descoberto pelo morador, de 22 anos.

O dono da casa disse que entrou em luta corporal com o ladrão, que conseguiu fugir, correndo pela rua. Com ajuda de um vizinho, o rapaz, conhecido por furtos na região, foi alcançado e contido. O dono da casa imobilizou o rapaz e o vizinho, de 26 anos, o amarrou, para impedir nova fuga.

O dono da casa invadida acionou a Polícia Militar, mas quando a viatura chegou no local, o rapaz acusado de tentativa de furto estava morto, sem sinais aparentes de violência.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) do Hospital das Clínicas de Marília para laudo pericial.

O morador da residência foi conduzido à CPJ, ouvido pelo delegado plantonista e liberado. Ele alegou que agiu em legítima defesa.



352 visualizações0 comentário
bottom of page