top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Prefeito Daniel Alonso diz que Vinícius Camarinha "deixou a Prefeitura quebrada e a cidade cheia de lixo"


O prefeito Daniel Alonso (sem partido) encaminhou ao JORNAL DO POVO um direito de resposta em relação a publicação de entrevista do deputado estadual Vinícius Camarinha (PSDB), na quinta-feira (12).

"Esses Camarinhas, pai e filho, não têm moral para falar da minha gestão. O Vinícius, após ser derrotado em 2016, me entregou uma Prefeitura quebrada, com milhões em dívidas e rombos, deixou a cidade cheia de buracos, lixo espalhado por todos os lados, mau cheiro, infestação de dengue, um abandono total. Tivemos que montar uma força tarefa de urgência para tirar a cidade daquele caos deixado por ele", afirmou Daniel Alonso.

O prefeito disse que "há 40 anos essa gente enganou a população com discursos e ações cheias de mentiras, agressões, factóides e outras artimanhas bem própria deles. Gente que só denigre, ataca, difama e xinga. Os Camarinhas continuam revoltados, não se conformam por terem sido derrotados pelo povo em duas eleições seguidas para a Prefeitura. O povo acordou, não cai mais nessas mentiras e bravatas deles", acrescentou Daniel Alonso.

Ele afirmou que "na incompetente e desastrosa gestão de Vinícius Camarinha, os servidores públicos municipais sofreram com atrasos de salários, correções de menos de 2% nos salários contra inflações reais de mais de 8% no período, não recebiam cestas básicas regularmente, foram massacrados por mais de mil sindicâncias provocadas por perseguições".

Lembrou que os servidores municipais "no sofrimento e descaso, fizeram a maior greve da história de Marília, mais de 40 dias, sendo humilhados por batalhões de policiais e seguranças do prefeito na porta da Prefeitura. Foram açoitados por um coronel que o Vinícius colocou na secretaria da Administração, um carrasco que assolou os servidores com perseguições e avalanche de sindicâncias".

O atual prefeito falou também da situação do Instituto de Previdência do Município de Marília (Ipremm) deixada por Vinícius Camarinha. "Um rombo de mais de R$ 100 milhões, calotes no Instituto durante toda a famigerada gestão dele. Quebrou o Ipremm, com danos e reflexos até hoje. Massacrou os aposentados e pensionistas".

Daniel Alonso disse ainda que "a população deixou de ser usada e enganada por essa gente que há mais de 40 anos dominava Marília com mentiras, falcatruas e ações criminosas que acabaram em centenas de processos e ações por danos aos cofres públicos, como desvios de verbas da merenda das crianças, superfaturamentos e outros crimes".

O atual prefeito lembrou que em todos os anos eleitorais "essa gente vêm com esses discursos e ataques covardes e mentirosos. O Vinícius Camarinha deixou a Prefeitura, além do rombo nos cofres, com postos de saúde sem remédios, frota quebrada, salários atrasados, quebrou o Ipremm, deu calote na Unimed, nos fornecedores. Essa gente não tem moral para falar do nosso governo, dos nossos esforços, do legado de probidade, obras e a nova forma de gestão eficiente que implantamos na Prefeitura após o povo nos eleger com expressivas votações em 2016, em 2020 e 2022. Os Camarinhas já estão desesperados, de novo, com a proximidade das eleições. Vão enfrentar a verdade do mal que causaram à nossa cidade, do passado triste e nebuloso que deixaram", disse Daniel Alonso.

379 visualizações1 comentário

1 Comment


TV Verdade
TV Verdade
Jan 14

Bem n verdade esse prefeito que aí está abandonou a cidade nunca vemos n nossa querida cidade tanto buracos nas ruas a imundície tomou conta da cidade tanto e que contratou a peso de ouro empresa p capinar a cidade outra vai deixar nosso Iprem falido de tanto calote que deu nos seus mandatos

Like
bottom of page