Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Prefeito oferece 4% de reajuste e mais R$ 130 no vale alimentação. Sindicato fará assembleia, hoje


Em reunião pacífica que durou cerca de três na manhã desta terça-feira (5), o prefeito Daniel Alonso (PSDB) ofereceu ao Sindicato dos Servidores Municipais 4% de reajuste salarial e aumento de R$ 130 no Vale Alimentação, que passará para R$ 550.

A proposta, que supera os 3% oferecidos na semana passada e aumento de R$ 100 no Vale, será apresentada à categoria em assembleia marcada pelo Sindicato às 18h de hoje no Paço Municipal. A expectativa do Sindicato, após o encontro na Prefeitura, é que a categoria vai aceitar as ofertas do prefeito.

Durante a reunião, Alonso falou das dificuldades financeiras da Prefeitura e que, mesmo assim, os pagamentos dos servidores estão em dia. Disse ainda que o Vale Alimentação, quando assumiu o cargo, era de R$ 125.

Foi discutida a posssibilidade de acabar com empresas intermediárias, como a fajuta ÉoVale, criando cartão alimentação para os servidores. O benefício seria creditado direto no holerite.

Um ponto não resolvido na reunião foi quanto ao desconto e falta injustificada do dia parado pelos servidores na sexta-feira (1°). Outros dois dias de paralisação (22 e 29) serão considerados faltas justificadas.

A diferença da sexta-feira, segundo o prefeito, é que havia uma liminar concedida à Prefeitura pelo Tribunal de Justiça, impedindo a paralisação. "Aí entra uma questão jurídica". Caso seja considerada fata injustificada, além do desconto do dia parado, os servidores perdem ainda uma série de benefícios, como licença prêmio e progressão por mérito.








103 visualizações0 comentário