Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Prefeitura de Marília define que só serviços essenciais funcionarão nos feriadões de final de ano


Na 25ª Reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 (Novo Coronavírus), realizada por videoconferência nesta terça-feira (22), os membros decidiram seguir à risca a nova atualização do Plano São Paulo, que foi divulgada no início da tarde pelo Governo do Estado.

Desta forma, portanto, apenas as atividades consideradas essenciais, como supermercados, farmácias, postos de combustíveis, igrejas, materiais de construção, açougues e hortifrutis, entre outras, poderão funcionar normalmente nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e também nos dias 1º, 2 e 3 de janeiro de 2021. As demais atividades, como comércio em geral, shoppings, restaurantes, bares e similares não poderão abrir nesses dias, sendo permitido apenas os serviços delivery e drive-thru. O encontro foi comandado pelo secretário municipal da Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior, que demonstrou grande preocupação com o aumento do número de casos positivos da doença e, principalmente, com a alta taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto. “Nos últimos dias houve um agravamento da situação e isso faz com que todos fiquem preocupados, principalmente pela taxa de ocupação de leitos de UTI adulto que, na segunda-feira (21) estava em 77%. Desde o início da pandemia, Marília sempre tomou medidas acertivas e que colocaram em cidade em destaque em todo o Estado. Porém, o momento agora é preocupante e precisamos que a população entenda isso, que respeite as medidas protetivas, principalmente evitando aglomerações para que o sistema de saúde não entre em colapso”, afirmou o secretário. Nesses dias em que as medidas restritivas estarão em vigor, a fiscalização será intensificada e não haverá tolerância para os estabelecimentos que não cumprirem essas determinações. “Até agora mais de 2.300 fiscalizações e mais de 200 autuações foram feitas, inclusive com o fechamento de alguns estabelecimentos. E agora vamos intensificar essa fiscalização, através da Vigilância Sanitária, Divisão de Fiscalização de Posturas e Polícia Militar para que consigamos conter esse vírus. Percebemos que a população realmente baixou a guarda e não haverá tolerância para quem não cumprir essa determinação, que será válida para todo o Estado de São Paulo. Em Marília vamos trabalhar com tolerância zero para os abusos e estabelecimentos serão fechados se não cumprirem as medidas protetivas”, disse Cássio Júnior. QUATRO UNIDADES DE SAÚDE ABRIRÃO NOS DIAS 24 E 31 Outra decisão do Comitê, durante a reunião desta terça-feira, foi que quatro unidades de saúde irão funcionar nos dias 24 e 31 de dezembro, declarados como ponto facultativo pelo município. São elas: UBS Cascata (zona leste), UBS JK (zona norte), UBS Nova Marília (zona sul) e USF Argolo Ferrão (zona oeste). Essas quatro unidades funcionarão nos dias 24 e 31, das 7h às 17h, exclusivamente para atender pacientes com sintomas da Covid-19, como febre, tosse, dor de garganta, dificuldades para respirar e perda de olfato e paladar. A Secretaria Municipal de Saúde lembra ainda que a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da zona norte e o PA (Pronto Atendimento) da zona sul funcionam 24 horas, inclusive sábados, domingos e feriados, e também são referências para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios. A próxima reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Marília deverá acontecer no dia 7 de janeiro de 2021, quando o Governo do Estado de São Paulo anunciará a 17ª atualização do Plano São Paulo.




500 visualizações0 comentário