top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Prefeitura empossa Conselho de Curadores da Fumes com a promessa de resgatar a entidade


Novo conselho de curadores da Fumes terá mandato vigente no período de 1º de junho de 2023 a 31 de maio de 2025

Os 15 novos membros do Conselho de Curadores da Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília (Fumes) foram empossados nesta tarde de segunda-feira (8) em ato realizado no gabinete do prefeito Daniel Alonso (PL).

O ato de posse, seguido pelas assinaturas em ata, contou com a presença do médico e diretor-geral do campus da Faculdade de Medicina de Marília, dr. Valdeir Fagundes de Queiroz. Os novos conselheiros terão mandatos vigentes de 1º de junho de 2023 a 31 de maio de 2025. “A Fumes é a mais antiga fundação voltada à saúde de Marília e desde o nosso primeiro mandato assumimos o compromisso de resgatá-la, compromisso este que estamos cumprindo. Priorizamos a sua regularização e estamos avançando, tanto que garantimos vida e vida longa à Fumes”, salientou o prefeito. A representação no Conselho de Curadores da Fumes - entidade fundada em Marília no ano de 1966 - é composta por conselheiros representantes da Prefeitura Municipal de Marília, Faculdade de Medicina de Marília (Famema), corpo docente da Famema, colaboradores da Famema, Cúria Diocesana de Marília, Conselho Municipal de Saúde de Marília, Sindicato dos Empregados em Estabelecimento de Serviços da Saúde, Associação Paulista de Medicina de Marília, corpo discente (acadêmicos), Secretaria de Estado da Saúde e Conselho Regional de Medicina. Os secretários municipais, médico dr. Osvaldo Ferioli Pereira (adjunto da Saúde) e Ramiro Bonfieti (Fazenda e Planejamento Econômico) e o assessor especial de Governo, dr. Alysson Alex foram os curadores indicados pela Prefeitura Municipal de Marília e, assim como os demais, tomaram posse no ato realizado no gabinete do prefeito.

A diretoria da Fumes para o exercício do mandato de 1º de junho de 2023 a 31 de maio de 2025 terá como presidente o médico dr. José Carlos Nardi, indicado pela Famema e eleito pelos demais membros conselheiros.

Os conselheiros elegeram para a diretoria os seguintes membros: Wanderley de Souza Moura (vice-presidente), Pedro Marco Karan Barbosa (secretário) e José Luís Assuíno (diretor-tesoureiro). “Atualmente a Fumes possui 800 colaboradores. Existem desafios, como em todas as instituições, mas os próximos passos que daremos serão na continuidade da regularização e segurança jurídica que obtivemos nestes últimos anos, tudo graças ao apoio da Prefeitura”, considerou Nardi. O secretário-adjunto da Saúde, dr. Osvaldo Ferioli Pereira, ressaltou que a Fumes é uma referência na prestação de atendimento de alta complexidade e que, desde 1966, tem sua história ligada ao ensino da saúde. “Num primeiro momento, a trajetória esteve associada ao ensino da Medicina e, mais tarde, em 1981, ampliou sua referência acadêmica incluindo a Enfermagem. Importante seguirmos este trabalho, pois quem ganha com os esforços da Fumes é a própria sociedade”, concluiu.



122 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page