top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Professora Ruth Ceschi, 96 anos, é sepultada em Marília


Educado lecionou por anos na escola Gabriel Monteiro da Silva,


por Ramon Barbosa Franco


Morreu em Londrina nesta sexta-feira, dia 3, e foi sepultada em Marília, neste sábado, dia 4 de fevereiro de 2023, a professora aposentada Dona Ruth Nunes Ceschi, aos 96 anos. Viúva do jornalista, radialista e narrador esportivo Octávio Ceschi - um dos maiores nomes da Imprensa de Marília - a educadora morava na cidade, entretanto estava passando uns dias em Londrina, na companhia de familiares. “Ela deitou para dormir e não mais acordou, foi morte natural”, recordou o filho Caetano Ceschi, que atualmente mora no Norte do Paraná, mas viveu em Marília na infância e adolescência. Além de Caetano, dona Ruth deixa os filhos Octávio Ceschi Júnior - que é jornalista e apresentador de televisão - Beto Ceschi e Max Ceschi. Também deixa seis netos e ex-alunos, como o coronel da reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo, José Elérigton Paulino, que atualmente vive em Atibaia. “Dona Ruth foi minha professora por dois anos consecutivos, em 1967 e 1968, quando cursei a escola Gabriel Monteiro da Silva. Desde então, jamais a esqueci”, recordou emocionado o militar durante o velório da querida mestra.

Quando dona Ruth celebrou 90 anos de idade, coronel Elérigton foi convidado pela professora para vir até Marília e participar do aniversário, ao lado dos filhos, noras e netos. “Várias vezes, ao longo da minha vida, por coincidência, me encontrei com a Dona Ruth”, contou. Numa dessas coincidências, o coronel fazia compras num supermercado em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, quando ouviu uma voz conhecida. “De pronto a minha memória auditiva reconheceu, era a Dona Ruth. Do corredor de prateleiras onde estava gritei: ‘Dona Ruth, é a senhora?!’ E não é que ela respondeu: ‘Quem me chama, estou aqui!’”. Na ocasião, a professora de Marília estava no litoral catarinense

passando alguns dias ao lado do filho Caetano. Entre 1958 e 1971, dona Ruth, seu Octávio Ceschi e os filhos moraram em Marília. Depois, mudaram-se para Lençóis Paulista, onde seu Octávio também desempenhou funções na imprensa da cidade natal do escritor e contista Orígenes Lessa, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Mais tarde, dona Ruth retornaria para Marília. Morava atualmente no bairro Betânia, na zona Leste da cidade. “Recordo que ela era muito carinhosa e atenciosa com os alunos, fazia bolo para aqueles mais carentes no dia do seu aniversário”, lembrou o coronel Elérigton, que além de aluno fora vizinho da família Ceschi na rua Bonfim, no bairro Alto Cafezal. O sepultamento de Dona Ruth ocorreu às 15h30 no Cemitério da Saudade, acompanhado pelos filhos, noras, netos, amigos e ex-alunos. Era nascida em Glicério em 15 de maio de 1927 e além de ter lecionado na rede pública de Marília e de Lençóis , foi professora da rede particular.




64 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page